Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Anabela Tereso – O desporto me tem dado anos de vida!

Anabela Tereso tem 53 anos e é uma mulher que não se deixa vencer. Empregada, cuidadora de animais e neste momento encontra-se a trabalhar num escritório. No entanto uma das suas escapadelas é fazer desporto, mais propriamente Spinning – bicicleta de estrada/btt.

Ao Praticante, confessa que só se arrepende de ter começado a praticar Spinning tarde “mas como diz o ditado mais vale tarde que nunca!

Anabela Tereso “Vejo o desporto como um complemento no meu dia-a-dia.”

Anabela afirma que começou a praticar desporto porque “gosto muito de mim” e “pela minha saúde, cada vez mais temos que tomar conta da nossa mente junto da nossa imagem. Em toda a vida só pratiquei Spinning / bicicleta. Hoje vejo o desporto como um complemento no meu dia-a-dia.

A atleta participou apenas em cerca de quatro provas “fui participar para me divertir. As provas deixam-me nervosa!”. Afirma ainda que tem um grande defeito “não gosto de perder”.

Já “Nas provas femininas o meu escalão é um pouco ingrato …concorro com as meninas de trinta anos… Não há milagres!” revela a atleta entre risos.

Mas nem tudo tem sido fácil na vida da desportista “pelo caminho já tive algumas situações menos boas como algumas quedas de bike, que me deixou alguns meses afastada do desporto” pois Anabela tem nos dois ombros prótese invertida “praticamente uns ombros artificiais”.

Foram sequelas que o trabalho me deixou ao longo de alguns anos, posso dizer que foi difícil” conta Anabela “cuidei de animais suínos, onde a realização de tratamento (cuidar) a alimentação / limpeza, era feita manual.

Tenho muito orgulho da minha pessoa

Com tudo o que tem passado afirma que “tenho muito orgulho da minha pessoa” e que sempre que sofria alguma queda “dizia com um sorriso amargo, com algumas lágrimas nos olhos – vou recuperar e ficar novamente bem para fazer os meus passeios de bike”.

Anabela tem seis cirurgias nos ombros e duas próteses na coluna e no ano passado “fui por brincadeira empurrada para uma piscina onde rasguei o ligamento cruzado junto do menisco” apesar de todos os contratempos nem isso a faz parar “o que não me derruba, me torna mais forte”.

A atleta com todos os percalços ao longo da sua vida afirma que “o desporto me tem dado anos de vida!” e que para incentivar a família “comprei bicicleta para todos lá em casa, mas quem pratica mais sou eu!

Anabela conta que em conjunto com um grupo de trabalhadores, quando podem realizam alguns eventos em conjunto “organizo caminhadas, passeios de btt, com almoços oferecidos por nós, miminhos que pretendo continuar a fazer …..eles são o nosso sucesso!

Descreve-se como uma pessoa teimosa e determinada “luto todos os dias para ser cada vez mais feliz” e às pessoas que se sentem acomodadas e que não praticam desporto aconselha-as a ver “o desporto como um alimento diário das suas vidas!”.

Texto: Daniela Rebouta
Fotos: Cedidas pela entrevistada

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta