Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Lendas do surf sobem ao pódio no domingo

O Azores Airlines World Masters Championships marca o reencontro entre os melhores surfistas de todo o mundo, entre lendas do surf, num evento único e irrepetível em Portugal, e está agora a definir novos contornos à medida que se aproximam as finais.

Masters, Grand Masters e, pela primeira vez, Masters Feminino, são os três títulos em discussão. Aliás, neste penúltimo dia, ontem realizado as mulheres voltaram a dar espetáculo nas desafiantes ondas açorianas.

Layne Beachley (AUS) e Rochelle Balard (HAW) duas das lendas do surf presentes, têm encontro marcado nas finais no próximo domingo, 23 de setembro. Nos homens, Dave Macaulay (AUS) e Shane Beschen (HAW) apuraram-se para as finais. Já no Grand Masters, a última prova do campeonato será disputada entre Cheyne Horan (AUS) e Rob Bain (AUS).

Shane Beschen

Duelo de australianos entre as lendas do surf

Competição ao rubro no mundial de veteranos, nos Açores. Num duelo de australianos, foi Grand Master Rob Bain (AUS) que teve uma melhor prestação sobre Cheyne Horan (AUS) com uma diferença de apenas 0.40 pontos. Bain, implacável desde o início do campeonato, regressou ao pódio após vencer Simon Anderson (AUS) com 13.07 pts.

O inventor do modelo de prancha com três quilhas, Anderson, foi derrotado por Horan no último heat do dia. Cheyne Horan (AUS) encontra-se agora com Rob Bain (AUS) na final.

lendas
Fábio Gouveia

Fábio Gouveia no masters deu espetáculo

Na categoria de Masters, os quartos de final arrancaram com as lendas Dave Macaulay (AUS) e Jake Paterson (AUS) que registaram 15.50 e 13.40 pontos, respetivamente. Tempo depois para o espetáculo com Fábio Gouveia (BRA). O brasileiro fez uma onda que vai ficar para a história (9.20) na quarta bateria contra o australiano Matt Hoy. Também Luke Egan (AUS) continuou a mostrar que o surf não está esquecido e dominou a prova contra Damien Hardman (AUS) com uma pontuação de 15.40 pts.

É muito gratificante ver que todos estes atletas continuam apaixonados pelo surf.
Acho que isso mostra que não importa quantos anos temos, porque se nos esforçamos ainda podemos e conseguimos manter um nível muito alto.
O que mais adoro é ter a oportunidade de ver todos estes atletas com os seus próprios equipamentos e projetos, algo difícil para os profissionais de hoje que, infelizmente, não têm tempo para isso”, afirma Egan.

Já Sunny Garcia (HAW) viu a sua participação terminar esta sexta-feira no Azores World Masters. O havaiano não conseguiu acompanhar a força de Shane Beschen (HAW), vitorioso com 11.86 pts.

Fábio Gouveia voltou à água com Dave Macaulay (AUS) mas foi o australiano que levou a melhor (16.47 pts) e está agora na última e decisiva fase do campeonato.

As qualidades de Beschen foram novamente testadas, desta vez com Luke Egan num heat muito renhido. Com 13.33 pontos, Beschen está agora nas finais onde vai competir com Dave Macaulay (AUS).

história
Layne Beachley

Layne Beachley mostrou que é uma das melhores surfistas do mundo

Nas mulheres, Layne Beachley (AUS) mostrou novamente por que é considerada uma das melhores surfistas do mundo. A australiana não vacilou com Pauline Menczer (AUS) e está na final do campeonato.

Também Rochelle Balard (HAW) esteve ao mais alto nível contra a americana Frieda Zamba. Rochellle surfou as melhoras ondas (5.67 e 8 pts) e compete no próximo domingo pelo título de masters feminino com Beachley.

Evento no facebook.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta