Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Luís Costa quinto classificado no contrarrelógio de Maniago

Luís Costa iniciou hoje a participação na Taça do Mundo de Paraciclismo, conseguindo o quinto lugar na prova de contrarrelógio inidividual na classe H5, disputada em Maniago, Itália.

Paraciclista português Luis Costa ao nivel dos melhores

O paraciclista da Equipa Portugal completou os 24 quilómetros do contrarrelógio em 38m06s, mais 2m38s do que o holandês Tim de Vries, que estabeleceu o melhor registo. O desempenho de Luís Costa valeu-lhe um lugar na primeira metade da classificação, já que foi o quinto classificado em onze participantes.

O resultado que ambicionava alcançar como referiu na sua página “Dorsal 309, saída para o contrarrelógio às 16h38 (15h38 PT).
24,3km de sofrimento, a dar tudo por tudo à procura de um lugar no top 5, algo muito difícil quando se defronta os melhores do mundo, mas se fosse fácil não servia para mim!
Amanhã não quero tolerância de ponto, vou trabalhar em prol da nação!

A luta pela vitória teve dois grandes protagonistas. Tim de Vries levou a melhor, mas o italiano Alessandro Zanardi ficou perto, cedendo apenas 15 segundos. O australiano Stuart Tripp, completou o pódio, a 1m24s do vencedor.

Além do resultado absoluto na primeira metade da classificação, Luís Costa confirmou que tem vindo a aproximar-se do nível dos melhores. Na última vez que disputara um contrarrelógio pontuável para a Taça do Mundo, em Maniago, em 2015, o corredor luso cedera 4m48s para Tim de Vries.

Carlos Santos 19º na Classe C5

Carlos Santos, que representa a LAluminios Metalusa, a correr como individual, foi 19.º e último no contrarrelógio de classe C5, gastando mais 10m53s do que o vencedor, o brasileiro Lauro César Chaman.

Carlos Santos escreveu na sua página do facebok ” … não dava mais está tudo a andar muito só fazem ciclismo são profissionais dei tudo abraço, domingo há mais

Antes desta participação fazia menção que poderia ser a sua ultima Taça do Mundo “Olá possivelmente a última taça do mundo que vou fazer, pois já ando nisto há um tempo, tenho pena que o meu companheiro não me acompanhe , pois foi com ele que comecei esta aventura as melhoras sabes que vais comigo a mesma agradeço há minha equipa L.A Metalusa Blackjack e APCA

Amanhã nova jornada para os portugueses

Amanhã, Luís Costa participa na prova de fundo, que terá 63,9 quilómetros e começa às 14h00. Carlos Santos terá pela frente 85,2 quilómetros na prova de fundo da classe C5.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta