Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Mário Costa e Joana Monteiro imparáveis no Fundão

Mário Costa e Joana Monteiro provaram ontem, no Fundão, terra de tradição cerejeira, que, tal como as conversas, as vitórias são como as cerejas.

Vitórias são como as cerejas

A dupla da Brújula Bike Racing Team somou o terceiro triunfo ao fim de três provas pontuáveis para a Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO).

Mário Costa cedo tomou conta da dianteira da prova de elite masculina, tendo a perseguição, sempre a curta distância, do campeão nacional, David Rosa. No entanto, um furo de Rosa, à entrada para a última volta, estendeu a passadeira vermelha para uma vitória folgada do comandante da geral da Taça.

Mário Costa

Mário Costa venceu destacado

Mário Costa cortou a meta destacado, com 3m40s de vantagem sobre o segundo classificado, Ricardo Marinheiro (Quinta das Arcas / Jetclass / Xarão). O terceiro, a 5m12s, foi o brasileiro Rubens Valeriano (Sense Factory Racing).

Na geral, Mário Costa está no topo, com uma vantagem de 15 pontos sobre Ricardo Marinheiro. João Rocha (Rodabike / ACRG / Gondomar) encabeça o ranking de sub-23.

Joana Monteiro vence também em solitário reforçando a liderança na geral

A terceira vitória consecutiva de Joana Monteiro também foi conseguida em solitário, embora com uma margem de apenas 27 segundos sobre a estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte). A terceira, a 5m49s, foi a espanhol Lúcia Vázquez (ProRebordosa / LROpticas / RJGroup).

Na geral, Joana Monteiro comanda com 24 pontos de vantagem relativamente a Lúcia Vázquez. Marta Branco (Maiatos / Reabnorte) é a melhor sub-23.

Joana Monteiro
Joana Monteiro

Outros escalões

Rafael Rita (BTT Loulé/Elevis) e Raquel Queirós (ASC / Focus Team / Vila do Conde) impuseram-se entre os juniores e encimam a geral nesta categoria. Os cadetes Diogo Neves e Daniela Campos, ambos da formação algarvia BTT Loulé/Elevis, conquistaram no Fundão a terceira vitória em três corridas realizadas.

O master 30 André Filipe (CPR A-do-Barbas), o master 40 Davide Inácio (Automóveis Ribeiro / GDVP) e o master 50 Rodolfo Lopes (ASC / Focus Team / Vila do Conde) foram os melhores veteranos masculinos e comandam a geral nas respetivas categorias. Raquel Marques (ASC / Focus Team / Vila do Conde) e Filomena Paulo (Róódinhas/Santos Silva) ganharam em master 30 e em master 40 femininas, respetivamente, sendo também as melhores na geral da Taça.

Fábio Luiz (Marrazes / Gui / Brejinho / Bike Zone Leiria) venceu o duelo na classe D de paraciclismo.

Classificação colectiva

O BTT Loulé/Elevis soma três vitórias coletivas em outras tantas corridas da edição de 2018 da Taça de Portugal de XCO.

Próxima prova

A quarta prova pontuável vai disputar-se em Valongo, no dia 17 de junho.

Texto / Fotos: UVP / FPC

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta