Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq
Coluna Esq

Novo wearable da Huawei para desportistas

O Praticante teve a oportunidade de testar este novo wearable que a Huawei desenvolveu a pensar nos desportistas, e que apesar de já estar no mercado português há algum tempo, passou um pouco despercebido.

Huawei FIT

No que toca a aparência, este smartwatch prima pela simplicidade. Leve, pequeno e simples, nunca vai atrapalhar um iniciante das corridas ou um veterano das maratonas. O posicionamento no pulso é fulcral para obter leituras de batimentos cardíacos precisos, e apesar de ficar num local pouco usual, não atrapalha nada a quem está a correr ou a trabalhar em escritório.

A interface é bastante simples, sendo que nenhum utilizador vai sentir grandes dificuldades a navegar no aparelho, apesar de ter de fazer mais força para mudar de ecrã do que num smartphone convencional.

No que toca à sua construção não existe nada que se possa pôr em causa: desde a sua banda, ao relógio em si, tudo parece sólido e feito para durar.

Corrida, Ciclismo e Natação

A Huawei desenvolveu este relógio a pensar em três desportos principais: Corrida, Ciclismo e Natação.

Para tal, tornou-o à prova de água e bastante resistente sendo que os testes em várias sessões de corrida, ciclismo e alguns mergulhos na piscina comprovaram a sua adequação ao desporto. No entanto, se for emparelhado com um smartphone através das aplicações Huawei Wear e Huawei Health conseguimos analisar todas as informações que o relógio capta em pormenor e até acertar alguns programas de treino, seja o nosso objetivo começar a fazer os primeiros quilómetros ou correr um trail de 50 quilómetros. Essas informações podem ser básicas como min/Km ou algo complexas como tempos de recuperação e VO2 Max, sendo que apenas emparelhado com um smartphone é que podemos tirar o total partido deste relógio.

No que toca a corridas, este smartwatch tem um conjunto de funcionalidades que nos ajuda a treinar o melhor possível. É possível criar planos de treino, cujo calendário é guardado no próprio relógio para não nos “esquecermos” de treinar. Existe também uma funcionalidade que nos vai dando notificações, em tempo real, enquanto treinamos de maneira a orientar o treino da forma pretendida, avisando se devemos baixar/aumentar o ritmo, distância percorrida e alertas de ritmo cardíaco, sendo esta última importantíssima para evitar o excesso de treino (ou overtraining).

Smartwatch muito completo

Apesar de não ter GPS, a medição de batimentos cardíacos é relativamente precisa, podendo ser consultada na app Huawei Wear. No entanto, se emparelhado com um smartphone, podemos ter uma medição correta das distâncias que corremos ou pedalamos durante o nosso treino, ajudando imenso ao nosso treino.

Outra coisa que este smartwatch faz, é monitorizar o nosso sono, distinguindo o sono leve do sono profundo, separando estes dois tipos de sono para avaliar a qualidade do nosso sono.

No que toca à bateria, esta atinge mesmo os 6 dias publicitados, e até excede! Claro que isto varia de relógio para relógio, mas a autonomia é bastante grande.

De resto funciona como um smartwatch normal, recebendo notificações das aplicações específicas que temos instaladas no nosso smartphone, aviso de chamada e até nos avisa quando estamos parados há demasiado tempo, sendo que se estivermos uma hora sentados, este vibra ligeiramente mostrando uma animação no ecrã a sugerir que se vá esticar a perninhas.

Texto: Eduardo Figueira

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta