Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Tomar é a capital da Esgrima Histórica

Tomar recebe este fim de semana as Jornadas de Esgrima Histórica, evento que reúne os mais importantes instrutores e mestres de esgrima nacionais e estrangeiros, para além de diversas personalidades académicas e militares.

Esgrima Histórica

Ao longo de três dias (10 a 12 de novembro), a cidade templária é palco de workshops de esgrima histórica, um torneio de armas, visitas guiadas, conferências, uma exposição histórico-militar e um jantar medieval.

 

Ton Puey (Rapier & Montante – Godinho), Karin Verelst (Abrazzare & Bastoncello), Eugenio Garcia-Salmones (Rapier & Adaga), Dan Smith (I.33), Mátyás Miskolczi (Sabre), Frederico Martins (Jogo do Pau) e Pedro Fonseca (Espada Longa – Fiore) são alguns dos nomes que estão à frente dos workshops e torneios que decorrem durante este fim de semana dedicado à esgrima.

As Jornadas de Esgrima Histórica são uma iniciativa do Município de Tomar, da associação Thomar Honoris e da H.E.M.A. Portugal, em colaboração com diversos parceiros.

Os interessados em participar podem efectuar aqui a sua inscrição.

Para as visitas guiadas, conferências e jantar medieval as inscrições devem ser feitas através do e-mail.

Esgrima Histórica?

É o estudo, interpretação, pesquisa e prática de esgrima de acordo com textos registados e creditados.

Tem duas vias, a via interpretativa e a via desportiva.

A Esgrima Histórica é diferente da Esgrima de Competição ou Esgrima Olímpica pela variante desportiva e interpretativas que permitem o uso de armas históricas.

A Esgrima Histórica é diferenciada da Esgrima de Competição ou Esgrima Olímpica pela utilização de proteções específicas de forma a oferecer maior segurança ao praticante.

A Esgrima Histórica é diferenciada da Esgrima de Competição ou Esgrima Olímpica porque pratica e interpreta textos históricos de autores como D. Duarte de Portugal, Thomaz Luis, Luis Godinho, Diogo Gomes de Figueiredo, Thomas Luís entre outros.

A Esgrima Histórica é diferenciada da Esgrima de Competição ou Esgrima Olímpica pela prática de esgrima diferenciada que permite um desenvolvimento personalizado das técnicas, originando assim uma maior verdade do momento desportivo, acrescentando uma mais-valia ao estudo da disciplina.

A Esgrima Histórica tem como princípio básico os valores associados à esgrima como arte e desporto e o estudo da história, reforçando assim o ensino da disciplina, respeito pela hierarquia, correção e o respeito pelos oponentes.

Foto: Carlos Piedade Silva /

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta