Banner superior
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Victor Ocampo sela no Montejunto a conquista da Volta

O colombiano Victor Ocampo (Bairrada) ganhou hoje a 12.ª Volta a Portugal de Juniores Liberty Seguros, impondo-se também na última etapa, uma viagem de 108,9 quilómetros, entre Torres Vedras e o alto de Montejunto.

A etapa foi bem disputada taticamente, com as equipas a trabalharem para a conquista das classificações secundárias e a colocarem ciclistas em posição adiantada, integrando a numerosa fuga do dia, com mais de dezena e meia de corredores.

Isso colocou os conjuntos menos ativos em alerta, obrigando-os a desgastar-se nos trabalhos de perseguição.

A fuga foi anulada no sopé da subida de 5,5 quilómetros, que levou os corredores à meta, coincidente com uma contagem de montanha de primeira categoria.

A subida fez a verdadeira seleção de valores

O colombiano Victor Ocampo defendeu a camisola amarela da melhor forma, impondo-se a todos os rivais.

Victor Ocampo cortou a meta na primeira posição, ao fim de 2h59m57s de corrida, menos 2 segundos do que Pedro Lopes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), segundo classificado. O terceiro foi Afonso Silva (Sporting-Tavira), a 15 segundos.

O triunfo na etapa consolidou o primeiro lugar de Victor Ocampo na geral individual.

Victor Ocampo

Victor Ocampo venceu a etapa e a geral

O colombiano conquistou a Volta a Portugal de Juniores Liberty Seguros com 18 segundos de vantagem sobre Pedro Lopes e com 31 segundos sobre Afonso Silva, tendo o pódio da geral replicado o da etapa.

Cumpri tudo o que me disse o meu treinador para fazer e contei com o esforço dos meus companheiros de equipa”, explicou Victor Ocampo, antes de dar um abraço emocionado ao diretor desportivo da Bairrada, Henrique Queirós.

O ciclista colombiano afirmou, no dia em que vestiu a camisola amarela, não ser grande trepador, numa manobra de “bluff” que talvez tenha surtido efeito.

É possível que os meus adversários tenham desvalorizado as minhas capacidades”, admite Victor Ocampo, que pratica ciclismo há 3 anos e tem em Rigoberto Urán o grande ídolo.

A consistência dos Bairradinos valeu-lhes o triunfo coletivo, além do individual.

Francisco Pereira / Carlos Salgueiro / Victor Ocampo Afonso Silva / Pedro Lopes

Afonso Silva conquistou a camisola da juventude, Francisco Pereira (Maia) impôs-se na classificação por pontos e Carlos Salgueiro (ACD Milharado/EC Manuel Martins) foi coroado rei dos trepadores.

 

Mais informação aqui.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta