5º Passeio Clube Campismo de Lisboa-CCL

Um passeio cheio de muita pedalada
A Costa da Caparica, foi palco este domingo 28 de junho do 5º Grande Passeio de Cicloturismo do CCL-Clube de Campismo de Lisboa, um evento que fazia parte do calendário oficial da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), teve uma extensão de 50 quilómetros, o qual foi percorrido pelo concelho de Almada e concelhos vizinhos.
Pelas 8 horas da manhã o Parque de Campismo do CCL começou a receber os participantes, cerca de três centenas estavam inscritos, e pelas 9,30 o pelotão começou a rolar, inicialmente percorreu as ruas mais típicas da Costa da Caparica, seguindo em direção da Fonte da Telha, Belverde, Foros de Amora, Fernão Ferro, Coina, Amora, Cruz de Pau, Vale de Milhaços, Lazarim, Trafaria, e a chegada á Costa da Caparica ao Parque do CCL a ocorrer pelas 12,15.
Um olhar pelo evento:
Foi o 5º passeio do CCL, podemos considerar um evento muito positivo, um trajecto dificuldade média, com alguns topos que marcaram mais o passeio, mas superadas pelos participantes, com um trajeto propício a boas pedaladas, as mesmas assim aconteceram, um contra, o calor que se fez sentir, obrigando a um esforço extra da parte do cicloturistas, com uma parte também negativa, a queda de um elemento feminino, a Maria Gouveia do Águias Lisboa, o qual se deseja uma recuperação rápida.
Rui Rodrigues, o responsável pelo evento falava á nossa reportagem fazendo um banco do passeio, o qual dizia; “ Foi mais um grande passeio o mesmo correu bem, foi positivo, infelizmente tivemos um pequeno acidente que espero que não seja nada de grave e com recuperação rápida, de resto as pessoas conviveram, divertiram-se, isso era o objectivo, e penso que foi conseguido. Sobre o número de participantes foi positivo, mas existem muitas dificuldades, os apoios são menos, e algo que deveria ser revisto era o policiamento, os valores são muito elevados o que torna muito difícil para quem organiza”. Sobre a modalidade Rui Rodrigues dizia; “Atualmente está nos melhores dias, penso que se existe-se mais apoio haveria mais pessoas a pedalar, e a fazer exercício, por isso quero deixar aqui uma mensagem, que se mexam, façam exercício”.
Foi sem dúvida um excelente passeio, porem temos de referenciar para que o mesmo tivesse uma boa segurança na estrada, contou-se com a GNR Brigada de Trânsito, em parceria da PSP Trânsito, e ainda o apoio do Moto Clube do Seixal, onde todos em conjunto deram a máxima segurança a toda a caravana, proporcionando assim ainda melhor as pedaladas. Os participantes esses, trocaram uma boa manhã de praia, para desfrutaram de uma boa manhã de bicicleta, com alguns locais de passagem bem agradáveis, onde muitas vezes estava o mar como pano de fundo, num passeio sem dúvida muito positivo, onde deixamos os parabéns pela excelente organização, e os votos de voltarmos em 2016, até lá ficam os votos de bons passeios, boas pedaladas, deixando agora com um pouco da história da zona.
A Costa da Caparica1 é uma cidade portuguesa do concelho de Almada, sede de freguesia com 10,18 km² de área e 13 418 habitantes (2011).2 Densidade: 1 318,1 habitantes/km², sendo elevada a cidade em 9 de dezembro de 2004. A Costa da Caparica é conhecida pelas suas praias, que nos últimos anos têm vindo a desaparecer, principalmente junto à foz do rio Tejo. Desde há já alguns anos que se tem presenciado o desaparecimento das praias na Costa da Caparica, nomeadamente as praias junto à foz do rio Tejo, embora este fenómeno já se tenha espalhado às praias mais a sul, várias medidas de proteção e reposição das praias foram tomadas ao longo dos anos como a criação de pontões e mais recentemente o paredão feito ao longo de várias praias do Norte da costa e a reposição de areia nas praias junto à foz do rio Tejo, mesmo assim é uma zona muito bonita, cheia de encantos, que vale a pena descobrir.
Foto: José Morais

Parceiros

Deixe uma resposta