Académica derrotada pelo Sporting comandante da Liga

Académica

Sporting vs. Académica

O Sporting CP, comandante da Liga Placard, voltou às vitórias depois de ultrapassar a Académica Efapel por 82-47.

Nos restantes encontros deste sábado, o SL Benfica, UD Oliveirense, CAB Madeira, Ovarense Gavex e Esgueira/Aveiro/OLI também conquistaram dois pontos.

Texto / Fotos: Federação Portuguesa de Basquetebol

Académica
Sporting vs. Académica

Sporting reencontra-se com os bons resultados frente à Académica

No Pavilhão João Rocha, o Sporting não permitiu veleidades à Académica, o que se traduziu numa vantagem de 31 pontos (50-19) logo ao intervalo, numa partida em que os “leões” registaram 13 triplos contra um do adversário.

Nos “verde e brancos”, também superiores na luta das tabelas (49-30 em ressaltos), sobressaíram Travante Williams (15pts, 5res, 5ast, 2rb, 1dl), João Fernandes (11pts, 7res, 3ast, 1rb) e Diogo Araújo (11pts, 3res, 2ast, 1rb).

Enquanto nos “estudantes” da Académica assumiram destaque Joshua McNair (15pts, 5res, 1ast, 2rb, 1dl) e Daniel Relvão (12pts, 6res, 2ast).

Esgueira vs Vitória-SC

Esgueira vence o Vitória SC

Mais a norte, no duelo mais emocionante do dia, o Esgueira levou a melhor sobre o Vitória SC por 97-88, após dois prolongamentos.

Os anfitriões, à entrada para o derradeiro quarto, tinham 13 pontos de desvantagem (44-57), mas com um parcial de 26-17 levaram a questão para tempo extra, onde o equilíbrio foi total.

Já no segundo prolongamento, o conjunto aveirense aplicou um parcial de 16-7 e garantiu um saboroso triunfo.

Contribuíram para a vitória os 11 triplos e as exibições de Gustavo Teixeira (23pts, 5res, 10ast, 3rb), Aaron Bowen (21pts, 9res, 5rb, 1dl), Kareem Brewton (19pts, 3res, 5ast, 4rb), Cuyler Mosley (14pts, 4res, 1rb) e Ben Drake (13pts, 9res).

Do lado minhoto, cuja equipa averbou a quarta derrota consecutiva, salientaram-se Jaron Hopkins (23pts, 9res, 6ast, 4rb), André Bessa (17pts, 5res, 8ast, 4rb), Coreontae DeBerry (16pts, 5res, 2ast, 1rb) e Alfred Parrish (16pts, 2res, 1ast, 1dl).

SL Benfica vs. Barreirense

Benfica suplantou o FC Barreirense

Na Luz, o Benfica suplantou (112-68) o FC Barreirense, num jogo que até começou equilibrado, mas que a partir do meio do primeiro quarto, sensivelmente, começou a pendar para as “águias”.

Com parciais de 31-18, 26-9, 25-18 e 30-23, o Benfica garantiu um avanço confortável, numa tarde em que apontou 17 triplos.

O Benfica teve como melhores em campo Fábio Lima (17pts, 4res, 5ast, 1rb), João “Betinho” Gomes (16pts, 6res, 3ast, 1rb), Bryce Alford (14pts, 4ast, 1rb), Eric Coleman (13pts, 9res, 2ast, 1rb, 1dl), Arnette Hallman (12pts, 5res, 1ast, 1dl), Quincy Miller (10pts, 4res, 1ast, 1rb, 3dl) e Cameron Jackson (10pts, 3res, 1ast, 2rb, 1dl).

Já no Barreirense assumiram as despesas Tony Lewis Jr. (19pts, 9res, 1rb), KJ James (16pts, 3res, 2ast, 2rb), Efosa Osayande (14pts, 8res, 1ast, 1rb, 1dl) e Miguel Correia (10ast).

Oliveirense vs Imortal

Oliveirense venceu o Imortal

A Oliveirense venceu o Imortal LUZiGÁS por 84-71 e ultrapassou o adversário, embora tenha mais um jogo.

A formação algarvia só conseguiu comandar o resultado em determinadas fases do quarto inaugural, para depois o bicampeão nacional tomar conta dos acontecimentos.

Destacaram-se pelas cores do Bicampeão Larry Austin Jr. (21pts, 3res, 2ast, 3rb), Travis Munnings (19pts, 10res, 3ast, 1rb) e José Barbosa (12pts, 3res, 6ast, 3rb).

Enquanto no Imortal os jogadores mais influentes foram Tyere Marshall (22pts, 6res, 2ast, 4rb), Ty Toney (14pts, 2res, 7ast, 1rb) e Nuno Morais (12pts, 1res).

CAB Madeira vs Galitos Futebol Clube

CAB Madeira superior ao Galitos Barreiro

No primeiro jogo do dia, o CAB Madeira superiorizou-se ao Galitos Barreiro por 102-87, num duelo entre formações que tinham os mesmos pontos.

Uma primeira parte inspirada revelou-se fundamental para os insulares, visto que até ao intervalo se adiantaram por 22 pontos (58-36).

No CAB, autor de 14 triplos, sobressaíram Paul Jorgensen (23pts, 4res, 4ast), Arvydas Gydra (20pts, 5res), Robertas Grabauskas (17pts, 5res, 1ast, 2rb, 1dl), Diogo Gameiro (14pts, 1res, 10ast, 1rb) e Justin Gray (10pts, 4res, 1ast, 1rb).

Pelo Galitos há que mencionar as prestações de Daniel Machado (25pts, 4res, 3ast, 2rb), Feliciano Neto (20pts, 10res, 2dl) e Ricardo Guerreiro (15pts, 1res, 1ast).

Ovarense vs. Maia-Basket

Ovarense Gavex venceu o Maia Basket

Por último, a Ovarense Gavex venceu () o Maia Basket, mas teve de suar bastante para tal, já que perdia por seis pontos (55-61) no início do último quarto.

Mas a turma vareira puxou dos galões e encetou um parcial de 26-10, num jogo em que revelou acerto no tiro exterior (14 triplos).

A Ovarense teve como maiores obreiros do triunfo Marcus Lovett Jr. (23pts, 4res, 3ast, 2rb), Christopher Knight (13pts, 8res, 2ast, 3rb, 1dl), Pedro Bastos (12pts, 1ast, 3rb) e Brock Gardner (11res).

No opositor maiato deram nas vistas Lamar Morgan (21pts, 21pts, 6res, 3ast, 1rb, 1dl), Bright Mensah (16pts, 6res, 4ast, 1dl), Theophilus Johnson (13pts, 6res, 1rb, 1dl) e Jakob Lowrance (10pts, 9res, 1ast).

FC Porto vs Lusitânia

FC Porto vs Lusitânia decidido nos últimos segundos

O FC Porto encerrou a 18.ª jornada da Liga Placard ao receber e vencer o Lusitânia Expert por 86-82.

Numa partida apenas decidida nos últimos segundos, o primeiro quarto foi pautado pelo equilíbrio entre as duas equipas.

Com várias trocas de liderança, os visitantes saíram na frente após os dez minutos iniciais, mas os “dragões” responderam e conseguiram cavar um “fosso” de dez pontos que levaram para o descanso.

No segundo tempo o Lusitânia respondeu na mesma moeda e conseguiu limitar o conjunto da casa a apenas oito pontos, o que lhe permitiu passar para a frente à entrada do quarto e último período.

Com a intensidade no máximo, ambas as equipas procuraram a vitória, mas nos momentos decisivos o FC Porto foi mais eficaz e saiu com o triunfo.

Eric Anderson Jr. (12pts, 12res, 1ast), Jalen Riley (23pts, 3res, 3ast), Pedro Pinto (13pts, 1res, 6ast) e Vladyslav Voytso (12pts, 3res, 3ast, 2rb, 1dl) foram os destaques dos “azuis-e-brancos”.

Do lado dos açorianos, Rasaq Yussuf (31pts, 10res, 5ast, 1rb, 1dl), Render Woods (12pts, 2res, 4ast), Christopher Davenport (11pts, 9res, 2ast, 1rb, 1dl) e Sérgio Silva (10pts, 2res, 5ast, 1rb) foram os mais esclarecidos.

Parceiros

Deixe uma resposta