ALCANENA TRAIL, PARTICIPA MAS COM CORAÇÃO

Alcanena Trail

Foto: DR

A 7ª edição do Alcanena Trail é organizada pela Câmara Municipal de Alcanena em parceria com a Casa do Povo de Alcanena, contando ainda com o apoio de diversas coletividades, Juntas e Uniões de Freguesia do Concelho, e de OPraticante.pt como média partner.

O evento realiza-se a 24 de março em Alcanena.

Dois conceituados atletas da terra serão respetivamente o padrinho e a madrinha, falamos de Mário Salgueiro e Ana Paula Rodrigues.

Mário SalgueiroEquipa que ganha não mexe, e por isso mesmo o 𝗠𝗮́𝗿𝗶𝗼 volta a apadrinhar a nossa prova, este ano!

Um dos pioneiros do Trail no Concelho de Alcanena, e um amante do desporto de Natureza, o Mário já participou em provas de todas as distâncias, sempre motivado para conhecer novos lugares e de preferência, sempre acompanhado de bons amigos.

Mário Salgueiro

Ana Paula Rodrigues É conhecida pela sua simpatia, tenacidade e sorriso contagiante, a Ana Paula sempre teve um percurso ligado ao atletismo, começando muito cedo a sua jornada na Casa do Povo de Alcanena, muito promissora, acabou por formar-se no âmbito da modalidade.

Após a formação superior, já em 2021 retornou à Casa do Povo.

Esta época reforçou a equipa do Saca Trilhos Anadia.

Na última época venceu provas como o Corvus Trail, Trail das Dores Santarém Trail, Chamusca Trail, Sicó, Ansião, Fátima, Trofa, Trail do Zêzere e por fim, um excelente 3º lugar Geral na Final do Campeonato Nacional de Sprint.

Para além de todos estes êxitos, é também bicampeã do CTR e venceu a Taça do Circuito.

Ana Paula Rodrigues

Leia também

ALCANENA TRAIL CONTOU COM QUASE UM MILHAR DE ATLETAS

Regulamento

Evento 2024

Página do Alcanena Trail

Página do Município de Alcanena

Fonte: Henrique Dias // OPraticante.pt

Foto: João Lopes Photography

Alcanena Trail uma experiência de imersão no território, pela beleza ímpar das suas paisagens

Sediado em Minde, e beneficiando das condições geomorfológicas ímpares desta vila, o Alcanena Trail visa a promoção do património natural, da gastronomia e dos recursos endógenos do concelho de Alcanena e do PNSAC – Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, assim como do Trail enquanto modalidade singular na fusão do desporto com o lazer.

O Alcanena Trail proporciona a todos os participantes uma experiência de imersão no território, através de percursos muito diversificados, caracterizados pela beleza ímpar das paisagens do PNSAC.

Foto: Município de Alcanena

O evento será composto por:

Trail Longo – 34 km – 1335 m D+

Sprint – 16nkm – 570 m D+

Mini Trilhos – 12 km – 270 m D+

Trail Jovem – Várias Distâncias, conforme os Escalões

Caminhada Mini Trilhos – Coincidente com quase todo o percurso do Trail Mini Trilhos. Para quem não quer perder os trilhos da Prova, num ritmo mais tranquilo;

Cãominhada no Polje de Mira/Minde – Dinamizada e conduzida por uma associação local, esta caminhada pretende levar os participantes aos pontos mais emblemáticos do Polje.

É uma caminhada, também direcionada para os amantes, onde os participantes, são convidados a partilhar o momento com os seus Animais de Estimação.

Alcanena Trail
Foto: João Lopes Photography

Alcanena Trail, de atletas para atletas!

Todas as provas se desenrolam em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, habitat de diversas espécies endémicas de elevado valor ambiental e patrimonial.

Assim a organização apela a todos os participantes para que não se desviem dos trilhos sinalizados, e não descartem qualquer tipo de resíduo para fora dos recipientes disponibilizados pela organização, nos locais de abastecimento.

A assistência a um atleta sinistrado é a mais básica regra de conduta desportiva.

Os trilhos são sinuosos, e na sua grande maioria com afloramentos de pedra calcária. Isto, em conjunto com a lama cria um potencial de risco elevado.

Foto: João Lopes Photography

Nenhuma vitória tem valor se não nos respeitarmos enquanto pessoas.

Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

A maior riqueza do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros está escondida no seu interior.

Este maciço calcário é um paraíso para os amantes da espeleologia que nas suas profundezas poderão descobrir grutas e algares, com formações surpreendentes esculpidas pela água e pelo tempo.

Algumas estão orientadas para receber visitantes como as Grutas de Santo António, Moeda, Mira d’Aire e Alvados, que dispõem de diversas infraestruturas de apoio.

Grutas Mira De Aire – Foto: Luis Afonso / Visit Portugal

À superfície, não se avistam rios nem ribeiras e a paisagem é agreste, marcada aqui e ali por rochas, falhas e escarpas.

Apesar disso, a fauna é muito rica e variada, destacando-se as 18 espécies de morcegos (símbolo do Parque) que encontram o abrigo ideal nas diversas grutas.

Perto de Rio Maior, encontram-se as Marinhas de sal-gema, onde poderá observar toda a labuta da extração do sal, segundo regras de gestão e utilização com mais de oito séculos.

Foto: DR

No flanco oriental da Serra de Aire, a cerca de 10kms de Fátima, encontra-se a maior e mais importante jazida mundial de pegadas de dinossáurio saurópode do Jurássico médio (com 175 milhões de anos).

Algumas das cerca de 20 pistas, descobertas por acaso numa antiga pedreira – a “Pedreira do Galinha” – têm mais de 100m de extensão.

Encontram-se aqui das maiores e mais nítidas pegadas conhecidas, chegando a atingir 95 cm de comprimento por 70 cm de largura, o que dá ideia da dimensão dos maiores seres que alguma vez habitaram o planeta.

Alcanena Trail
Foto: DR

Para conhecer esta área protegida, poderá escolher entre os 16 percursos pedestres propostos pelo Parque

Fonte: Visit Portugal

Parceiros

Deixe um comentário