Assomada e SL Benfica são as primeiras a voltar à competição

Assomada

Jogo entre o SL Benfica quarto e ASS Assomada penúltimo classificado marca o regresso da prova feminina ao ativo, depois de longas semanas de paragem.

O Campeonato 1ª Divisão Feminina está de regresso após um longo período de ausência devido à pandemia e as primeiras equipas a voltarem à competição são a ASS Assomada e o SL Benfica, para um jogo referente à 20ª jornada, este sábado às 16h00.

O calendário competitivo tem sido severamente afetado com alterações e adiamentos de jogos e, nesta atura, as duas equipas realizaram apenas cinco e seis jogos, respetivamente, estando em momentos diferentes no que toca a resultado alcançados.

Texto / Foto: Federação Portuguesa de Andebol

SL Benfica e Assomada são as primeiras a voltar à competição

A formação da ASS Assomada, que vai jogar em casa, contabiliza cinco derrotas, enquanto que o clube da Luz venceu quatro vezes e soma ainda um empate e uma derrota.

Alexandre Fernandes, treinador do conjunto de Carnaxide, em antevisão a esta partida, começou por salientar a dificuldade em competir sob as condições atuais relacionadas com a pandemia.

“…realizar os restantes jogos sem interrupções…”

Tem sido um Campeonato atípico, desde o início da época até hoje e no qual apenas conseguimos disputar seis jogos com intervalos de quatros e cinco semanas entre eles.

Por isso mesmo, para nós não tem sido uma tarefa fácil planear e preparar a equipa da melhor forma.

Estamos perante uma nova realidade que nos obriga a trabalhar de forma diferente do habitual

referiu o técnico de 45 anos, dizendo ainda que a chave para que a ASS Assomada consiga ter sucesso passa pela consistência.

O jogo contra o SL Benfica surge seis semanas após o último jogo que realizámos e, apesar disso, a nossa opinião é que a Assomada está no seu melhor momento de forma desde o começo da temporada.

As nossas atletas têm tido uma atitude e um compromisso com o treino e demonstram uma grande vontade de evoluir e dar a volta aos resultados menos bons alcançados até agora.

Isso deixa-nos muito confiantes para encararmos o próximos adversário e fazer um bom jogo.

O nosso plantel tem qualidade para fazer muito melhor do que temos demonstrado até agora, basta sermos um pouco mais consistentes durante os 60 minutos e não apenas fazer 20/30 minutos de muita qualidade e depois desligarmo-nos.

Quem olha só para os resultados finais, e vê diferenças de 10 ou 12 golos, não sabe que – muitas vezes – não demonstram o que realmente se passou durante a primeira parte.

Depois essa falta de consistência da nossa parte faz com que o resultado fique desnivelado.

Obviamente, ao fim de seis semanas de paragem, todos estamos com muita vontade de voltar a competir e esperamos que desta vez seja possível realizar os restantes jogos sem interrupções e desejamos saúde e um bom resto de Campeonato a todas as equipas” – afirmou.

Assomada

“O objetivo é mesmo ganhar”

Do lado do SL Benfica, Ana Sobral não deixou de reforçar a importância de voltar à competição tanto tempo depois do último jogo.

Vamos regressar aos jogos no dia 20, dois meses após a paragem, depois teremos quatro jornadas com jogos antecipados, com equipas que também não estavam a ter jogos, e nós, felizmente, conseguimos antecipar alguns desafios.

Isso é muito bom porque vamos criar rotinas de jogar ao fim de semana.

Depois, voltamos outra vez a jogar no dia 27 de março, aí já com o calendário igual para todas as equipas” – afirmou a treinadora das encarnadas, explicando depois como é que a equipa trabalhou durante a paragem.

Voltamos à competição dois meses depois! É quase como se fosse o início de uma nova época, aliás, até é mais longo porque normalmente temos um mês de férias e isto não é fácil, é muito complicado.

Como é que nós decidimos fazer isto?

Cada uma das atletas tinha um compromisso individual de melhorar as suas qualidades em termos individuais, e depois também em termos de treinos elas mantiveram-se sempre muito bem e fazíamos competições internas.

À sexta-feira, em véspera de jogo, em vez de termos jogo oficial, fazíamos jogo entre elas.

Formávamos duas ou três equipas de forma a existir sempre competição, ou seja, o treino transformava-se em jogo.

Com marcador e sempre com a expectativa de ver quem ganha e quem não ganha.

Conseguimos também outras situações motivacionais, com jogos de cooperação entre elas, jogos que permitiam uma aproximação diferente do habitual treino de andebol.

Também tivemos uma ida à piscina que foi muito importante porque também se pode fazer um trabalho diferente” – afirmou.

Ana Sobral, salientou ainda a motivação do grupo de trabalho para encarar o que resta da época. “Estávamos a crescer quando o Campeonato parou, sentia que elas já estavam, nesse momento, a fazer aquilo que pretendia, estavam a tornar-se melhor equipa, e estes dois meses trabalhámos bem.

Ver, mesmo sem competição, toda a dedicação delas, isso transmite-me uma satisfação imensa e um acreditar que o ano 2021 seja muito positivo.

Felizmente não temos tido lesões, tivemos um caso de confinamento de alguns dias, e vamos como favoritas para todos os jogos em que participarmos.

O objetivo é mesmo ganhar” – finalizou.

20ª Jornada

20.02.2021 – 16h00 – ASS Assomada x SL Benfica

Parceiros