CAMPEÃO DA LIGA EUROPEIA DERROTADO PELO SPORTING

sporting

Foto: FPA

Sporting CP recuperou seis golos de desvantagem em Berlin e conquistou a segunda vitória consecutiva no Main Round IV.

Próximo desafio é no Pavilhão João Rocha, novamente frente ao Füchse Berlin, na próxima terça-feira às 19h45.

Leia também

MARTIM COSTA NA ALL-STAR TEAM DO EHF EURO

Fonte: Federação Portuguesa de Andebol

Rugido do Leão faz cair colosso de Berlin

No frente-a-frente entre os melhores marcadores do Men’s EHF Euro 2024 – Martim Costa e Mathias Gidsel – foi o internacional português o primeiro a marcar e a colocar os Leões na liderança, depois de Lasse Andersson falhar o alvo no primeiro ataque do encontro.

A entrada em jogo foi algo tímida, mas perante os muitos – e fervorosos – adeptos alemães, o Füchse Berlin foi impulsionado para a primeira vantagem (2-1), com a assinatura do outro Top Scorer do Men’s EHF Euro 2024: Mathias Gidsel.

Algumas falhas técnicas no ataque do Sporting CP revelaram-se cruciais para que os germânicos chegassem aos dois golos de vantagem (5-3), à passagem do minuto 7′.

No entanto, um período de superioridade numérica e um bis dos irmãos Costa traduziu-se em nova igualdade (5-5).

Foto: FPA

Foi o ponta esquerda Campeão do Mundo sub-21, Tim Freihöfer, quem conseguiu ultrapassar André Kristensen da marca de 7 metros – por duas ocasiões consecutivas – e devolveu a maior vantagem registada até então aos alemães (7-5).

Sensivelmente a meio do primeiro tempo surgiu a primeira defesa de Victor Kireev, e logo da marca de castigo máximo, frente a Francisco Costa, e lançou novamente Tim Freihöfer para o contra-ataque que, com sucesso, ampliou a vantagem dos germânicos (9-6).

O jovem lateral direito português vingou o remate falhado (9-7) mas três golos consecutivos dos comandados de Jaron Siewert elevaram a diferença para números não antes vistos (12-7) e obrigaram Ricardo Costa a usar o primeiro time-out do encontro.

O jogo seguiu numa toada de maior equilíbrio, com ambas as formações a darem rotatividade aos seus atletas, mas a vantagem seguiu a favor dos da casa, que conseguiram ampliar para seis (17-11) – novamente com a assinatura do alemão Tim Freihöfer – diferença que se registou aquando da recolha aos balneários.

sporting
Foto: FPA

Segunda parte começou com o mesmo protagonista Martim Costa do Sporting CP

O primeiro capítulo da segunda parte começou com o mesmo protagonista – Martim Costa – mas o desenrolar foi bem mais favorável ao Sporting CP: cinco golos contra apenas um e Leo Maciel em bom plano entre os postes leoninos.

Os seis minutos iniciais do segundo tempo quase perfeitos por parte dos portugueses, levaram Jaron Siewert a parar o encontro com o resultado em 20-18.

Apesar da paragem técnica pedida pelo Füchse Berlin, foram os Leões a sair melhor e a alcançar a igualdade a 21 – que já não acontecia desde o 5-5 – com Martim Costa a finalizar na baliza vazia.

O experiente internacional alemão Paul Drux vestiu a capa de herói e bisou, dando algum fôlego aos germânicos que regressaram aos dois golos de vantagem (23-21) à passagem do minuto 12′.

Foto: FPA

No entanto, Leo Maciel voltou a assumir protagonismo entre os postes – ao negar o golo da marca de 7 metros frente a Tim Freihöfer – e, no ataque, Martim Costa em triplo devolveu aos Leões aquilo que não conheciam desde o 0-1, a vantagem no marcador (24-25), à entrada dos quinze minutos finais.

Apesar do claro ascendente sportinguista, Ricardo Costa utilizou uma paragem técnica à passagem do minuto 47′ e daí saiu a primeira vantagem de dois (24-26), com a assinatura de Orri Þorkelsson.

Dois golos da autoria do pivô sérvio Mijajlo Marsenić devolveram a igualdade ao marcador (26-26) e tentaram quebrar o ímpeto verde e branco.

Apesar das sucessivas investidas germânicas, o Sporting CP não voltou a ficar atrás no marcador.

Ricardo Costa desenhou o último golo de Martim Costa (31-32) e ainda sobraram alguns segundos para os alemães tentarem evitar a primeira derrota na EHF European League, mas a baliza defendida por Leo Maciel estava intransponível e foram os Leões a sorrir no final.

Sporting
Foto: FPA

Parceiros

Deixe um comentário