Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Castelo de Vide, João Rodrigues e Ana Leite triunfam

A Taça de Portugal de Enduro BTT, arrancou hoje em Castelo de Vide.

João Rodrigues (Casa do Povo de Abrunheira) e Ana Leite (Axpo / FirstBike Team / Vila do Conde) foram os vencedores neste arranque da Taça de Portugal de Enduro BTT.

João Rodrigues ganhou, folgadamente

A prova de elite masculina assistiu ao domínio de João Rodrigues, vincado nos dois primeiros percursos especiais cronometrados, que ganhou, folgadamente.

Apesar de não ser o mais rápido no último troço, o corredor da Guarda concluiu a prova com 14,618 segundos de vantagem sobre o segundo classificado na geral.

O segundo classificado foi José Oliveira (Axpo / FirsBike Team / Vila do Conde), e 40,112 segundos chegou o terceiro classificado, Fábio Gil (Casa do Povo de Abrunheira).

João Rodrigues

A vitória de Ana Leite entre a elite feminina foi ainda mais vincada

A superioridade de Ana Leite entre a elite feminina foi ainda mais vincada.

A vencedora terminou a primeira corrida da Taça de Portugal de Enduro com 41,265 segundos de vantagem sobre a francesa Sophie Bagnail (Gravity BC) e com 2’42’’043 de vantagem sobre Andreia Silva (ADAR / Ofimoto), que completaram o pódio.

Tiago Silva (BTT Enduro Terras de Bouro) foi o melhor júnior, estatuto conseguido em cadetes por Leonel Manteigas (Casa do Povo de Abrunheira) e por Sara Ferreira (Maiatos).

Castelo de Vide
Ana Leite

Nas categorias de veteranos impuseram-se em Castelo de Vide:

Márcio Ferreira (MCF / XDream / Município de S. Brás) – master 30,
Nuno Nóbrega (Belmira Cruz / CC Portimão) – master 40,
José Salgueiro (MCF / XDream / Município de S. Brás) – master 50,
Carlos Marques (UD Lorvanense) – master 60
e a master feminina Ana Luz (BTT Enduro Terras de Bouro).

Também houve competição para bicicletas de assistência elétrica.

No setor masculino ganhou Miguel Pardal (BlackJack Factory Racing).

Nas femininas apenas correu Ana Carvalho (Bicisintra / GasMucifal).

Texto: União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta