NEM A CHUVA EM TOMAR MURCHOU A ANIMAÇÃO

Tomar

José Carlos Pinto - Foto: Marcelino Almeida / FPA

José Carlos Pinto e Sara Inácio foram os primeiros campeões nacionais de Milha, numa competição que decorreu em Tomar.

Uma excelente iniciativa da Federação Portuguesa de Atletismo, com a organização de Cabreira Solutions, com o apoio da Associação de Atletismo de Santarém e do Município de Tomar.

Leia também

CAMPEONATO NACIONAL DE MILHA EM TOMAR

Primeiros Campeonatos Nacionais de Milha

Com partida e chegada no Largo da Várzea Grande, estes primeiros Campeonatos Nacionais de Milha tiveram um enquadramento perfeito para a sua edição inaugural.

Numa excelente organização, estes Campeonatos tiveram várias atividades programadas para os mais jovens.

Até mesmo puderam experimentar o Kids Athletics e tudo fluiu com bom ritmo, com o tempo a manter-se estável proporcionando boas corridas nos escalões mais jovens.

Mas, infelizmente, a chuva fez a sua aparição e as últimas séries já foram “debaixo de água”.

José Carlos Pinto ficou surpreendido com o seu triunfo

Depois houve uma pausa na chuva, na prova principal absoluta, em masculinos e isso proporcionou uma excelente corrida, com tudo a decidir-se nos metros finais, onde José Carlos Pinto, do Benfica, surgiu muito forte a triunfar com pouco mais de um segundo à frente de Etson Barros, também do Benfica, e de Nuno Pereira, do Sporting.

Tomar
Pódio geral masculino – Foto: Marcelino Almeida / FPA

O primeiro campeão da história, José Carlos Pinto, no final da corrida, não estava surpreendido com o seu triunfo.

Sinceramente sei o que estou a treinar. A treinar bem e por isso não abrandei nada nesta semana.

Como a prova foi um pouco lenta no início isso tornou-se excelente para mim, que pude aplicar a minha velocidade no fim.

Foi uma prova muito competitiva, com adversários à altura e estou muito feliz por triunfar”, disse, adiantando que os 1500 metros serão a sua aposta principal para esta época.

Sei que terminei a época passada com uma grande marca e isso deixa-me com muita vontade.

Este resultado na milha vem na sequência do trabalho que estamos a fazer e agora só me resta trabalhar e deixarem-me sonhar”, concluiu.

Coletivamente, o Benfica triunfou, derrotando Sporting e NúcleOeiras.

“Nós temos de acreditar e fazer por chegar ao objetivo” Sara Inácio

No que respeita à prova feminina, houve várias ausências e quem aproveitou melhor foi Sara Inácio, do Água de Pena, que terminou em primeiro lugar com mais de dois segundos de vantagem da segunda classificada, Petra Santos, a campeã sub-23.

Marta Castro (Sporting) foi 3ª classificada.

Tomar
Pódio geral feminino – Foto: Marcelino Almeida / FPA

No final da prova, a atleta da equipa da Madeira, confirmou ter vindo “para lutar pelo pódio e tentar o título e acho que fiz o melhor que podia.

Nós temos de acreditar e fazer por chegar ao objetivo”, palavras da primeira campeã nacional de milha.

Coletivamente venceu a equipa da RunTejo, seguida do CD Feirense e Pentaclube Covilhã

Escalões mais jovens também muito competitivos

Nos mais jovens, destaque para os excelentes triunfos dos sub-20.

Em masculinos, João Brito (mais um atleta longilíneo formado no Oriental de Pechão) derrotou Alexandre Lucas (Sporting) ao sprint.

João Rodrigues (C. Pedro Pessoa) completou o pódio.

Pódio masculino sub20 – Foto: Marcelino Almeida / FPA

Venceu colectivamente o NucleOeiras, com o 2º lugar a ser conquistado pela equipa N. Barrosas Amador

Enquanto Beatriz Azevedo conseguiu um triunfo bem mais folgado, sobre Stela Fernandes (Gira Sol) e Lara Machado (UD Várzea).

O Sporting venceu colectivamente, com N. Barrosas Amador e NúcleOeiras a ocuparem os lugares seguintes.

Em Sub-18, destaque para a excelente prova de Mariana Moreira (mais um produto do U.D. da Várzea), com grande vantagem sobre a segunda Maria Jesus (AC Batalha) e a terceira Fátima Silva (C. Benfica Paredes).

Pódio feminino sub18 – Foto: Marcelino Almeida / FPA

Um jovem do Oliveira do Bairro, Duarte Vilas Boas, conseguiu o triunfo em masculinos.

Guilherme Filipe (NúcleOeiras) e Afonso Oliveira (Sporting) foram respetivamente 2º e 3º classificados.

A vitória colectiva foi conquistada Sporting, com os degraus seguintes do pódio a serem ocupados pelas equipas do NucleOeiras e CD Feirense

Os resultados completos estão disponíveis na plataforma FPA Competições.

Parceiros

Deixe um comentário