Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

“Ciclistas solidários doaram 700 quilos de alimentos”

Chuva marca “Festival da Bicicleta Solidária” mas adesão foi surpreendente

Numa altura em que Portugal continua ainda com a crise instalada, a qual tem causado nos últimos tempos muitos dissabores aos portugueses, muitos são os que passam por certas dificuldades, mas onde acima de tudo continua a existir o espirito solidário, algo que mesmo com dificuldades, muitos são os que repartem do que têm, um pouco pelos outros.
E foi com este espirito de ser solidário que este domingo 9 de novembro se realizou em Lisboa no Terreiro do Paço mais um “Festival da Bicicleta Solidária”, numa organização da Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), a sua quarta edição ficou sem dúvida marcada pela presença da chuva, porem, nem a mesma desmotivou os amantes das bicicletas, e muitos marcaram presença no evento, nem todos os que estavam inscritos, cerca de 800 compareceram, mas contou-se com cerca de quatro centenas e meia que marcaram presença, e que vieram para a capital alegrar a mesma, ao mesmo tempo que foram solidários, entregando como era pedido géneros alimentícios, muitos também foram os que passaram pelo local, não para pedalarem, mas para entregarem o seu donativo que no final rondou os 700 quilos, os quais este ano foram entregues a uma instituição de Alvalade, a qual apoia crianças, e algumas famílias com mais dificuldades.
O Festival da Bicicleta Solidária não é apenas um passeio de bicicleta, o mesmo contem uma diversidade de actividades que rodam à volta do mesmo, e contou com animação, musica este ano com Party Brass Band que animou os participantes, estavam preparadas actividades para as crianças, mas as más condições climatéricas não proporcionou as mesmas, mas não faltaram as bicicletas antigas, com alguns participantes vestidos a rigor, e o Cycle Chic, pedalar de forma formal, e ainda oficina de bicicleta e rastreio cardiovascular, onde os participantes puderam ver como ia a sua saúde.
Um olhar pelo evento:
Com concentração no Terreiro do Paço em Lisboa, pelas 9 horas começaram a chegar os participantes solidários entregando os seus donativos, a partida para o passeio estava marcada para as 10 horas, mas a chuva marcou presença por essa hora, o que deu origem a atrasar a hora da partida cerca de meia hora. Tudo apostos, deu-se início ao passeio, na frente seguia a Polícia Municipal de bicicleta, ainda uma bicicleta de seis lugares animava as pedaladas, e logo a seguir as bicicletas antigas marcavam as pedaladas do grande pelotão.
Com a entrada na Rua da Prata, a mesma ficou repleta até à Praça da Figueira, depois seguiu-se pelo Martim Moniz, Rua da Palma, Almirante Reis, aqui, ao entrar-se na Rua Pascoal de Melo em direção ao Largo da Estefânia, a chuva reapareceu em força, a densidade da mesma originou a que uma paragem forçada fosse feita, com o passeio a atrasar mais uma vez.
A chuva passou, e as pedaladas retomaram, com os participantes a seguirem pela Rua D. Estefânia, Av. Duque Ávila, Av. Rovisco Pais Av. Rovisco Pais, Av. Manuel da Maia, Praça Londres, Av. de Roma, Rua João Villaret, Rua Augusto Gil, Av. Sacadura Cabral, Av. António Serpa, Av. 5 de Outubro, Av. Miguel Bombarda, Rua Marquês Sá da Bandeira, Av. Duque Ávila, Av. República, Praça Duque Saldanha, Av. Fontes Pereira de Melo, Marquês de Pombal, Av. da Liberdade, Restauradores, Rossio, com a chegada até ao Terreiro do Paço, com o sol a aquecer os participantes, aqui, foram os mesmos recebidos com música pelos Party Brass Band, que animaram tudo e todos.
No final falamos com José Manuel Caetano, presidente da FPCUB que com um sorriso nos lábios nos dizia; “ Foi mais um evento muito positivo, alguma chuva deu origem a que muitos que estavam inscritos não comparecessem, mesmo assim os objetivos foram conseguidos, juntamos uma quantidade razoável de géneros que entregamos a uma Associação de Alvalade, apesar de alguma chuva, a mesma esteve momentos sem cair, mais uma vez nos ajudou, e proporcionou este belo passeio pela cidade.
Tivemos aqui participantes da Murtosa, bicicleta antigas que vieram das Caldas da Rainha, de Alcobaça, Coimbra, e tivemos acima de tudo aqui muitos participantes novos pela primeira vez, o que tornou sem dúvida este evento mais um grande sucesso, por isso apenas quero agradecer a todos os que estiveram presentes, e deixar um grande obrigado, e vamos continuar a trabalhar nestas e em muitas outras actividades”.
E foi sem dúvida um grande evento, um número de participantes que surpreenderam apesar do tempo instável que estava, uma diversidade sem dúvida magnífica, que mesmo com alguns períodos de chuvas, alegraram algumas das principais artérias da capital.
A finalizar, a não esquecer o excelente trabalho feito pela Policia Municipal de Lisboa, tanto os elementos que nos acompanharam de moto, como os que fizeram o percurso de bicicleta, um trabalho muito importante na segurança de todos.
Por agora, depois de dar os parabéns á organização e a todos os presentes, apenas ficam os votos de bons passeios boas pedaladas.
Podem ser visualizadas mais fotos em: https://picasaweb.google.com/100910029054260759233?gsessionid=Gd5kB1yySe0QgXaYkJHqfQ

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta