Cidade fantástica para correr

sevilha05A Maratona de Sevilha, especialmente para nós, os atletas de pelotão que correm pelo prazer de correr e que competem acima de tudo contra si próprios e contra os Seus limites, é uma aventura que nos preenche.

O percurso da maratona, percorre uma cidade lindíssima, atravessando as suas principais atrações turísticas, deixando para os últimos quilómetros a passagem pela magistral Praça de Espanha e pela Imponente Catedral, cruzando toda a zona antiga e histórica, num trajeto sempre ladeado por muito público, animadíssimo e incentivador.

O final da Maratona acontece no mítico Estádio Olímpico de La Cartuja, com os 300m finais a serem percorridos em plena pista do Estádio.

As minhas experiencias em Sevilha, na festa da Maratona, foram todas fantásticas.

sevilha01Já tive o privilégio de fazer esta Maratona por três vezes, a primeira em 2012 na minha estreia em maratonas internacionais, em que contei com a companhia da minha mulher, Cristina Caldeira, na parte final do trajeto e obviamente com muitos amigos antes e depois da prova.

A segunda em 2014 na já companhia da minha mulher e de uma fantástica e animada armada de estreantes na distância da Maratona da equipa RunLovers à qual pertenço.

sevilha
Antes do arranque com alguns dos RunLovers presentes, o Sandro Pinto, Luis Ferreira, o João Leitão, a Helena Leitão e o amigo já repetente de Sevilha, Ricardo Silva).

E este ano, no passado domingo, na companhia uma vez mais da minha mulher, muitos amigos e de mais de 13 mil participantes de 70 nacionalidades diferentes…entre os quais quase uma milena eram lusos.

A Maratona de Sevilha é uma boa opção? Na minha opinião sim…diria mesmo uma fantástica opção para nós Portugueses, especialmente para qualquer atleta lusoque queira correr uma maratona fora de Portugal.

sevilha04Este ano e uma vez mais com base na experiencia que tenho, a organização esteve impecável.

Aqui deixo alguns pontos que me parecem os mais importantes a salientar e que ajudam a justificar a opinião que expresso nos parágrafos de cima:

– Sevilha fica perto de Portugal e permite uma logística simples de deslocação;
– Comparando com outras opções, mesmo em Espanha, parece-me de longe a de menor peso para a carteira;
– Acordo com hotéis, com vantagens significativas para os participantes na maratona, desde o pequeno-almoço ajustado e a horas adequadas até à permissão de late check out para quem quer regressar no dia da prova, passando pelos preços especiais para maratonistas, tudo está devidamente ajustado;
– A localização da feira é de fácil acesso e para quem vem de longe com meios próprios, o estacionamento é simples e está bem sinalizado;
– Toda a entrega de documentação, rápida e eficaz, apesar dos milhares de participantes;
– Fiquei uma vez mais desiludido com a zona de exposição, algo que a organização em função dos muitos milhares de participantes que vai tendo, tem condições para melhorar…penso que com algum trabalho adicional conseguirão convencer um maior número de fabricantes, distribuidores e integradores na área do desporto de corridas a estarem presentes;
– A cidade de Sevilha recebe a maratona como mais uma bela festa…Sevilha sabe preparar-se, viver e conviver com uma festa desta dimensão;
– Na manhã da prova, desde que não se deixe tudo para a última hora, a simplicidade e facilidade para chegar à zona de partida, quer via os autocarros reservados para o efeito, quer através de meios próprios, é notória. O regresso aos hotéis é um pouco mais complexo que se justificará por ainda se encontrarem encerradas algumas vias de escoamento de tráfico;
– Toda a área do bengaleiro, muito bem organizada, de fácil escoamento, quer na entrega, quer na recolha dos sacos;
– Duas zonas grandes de “latrinas”, perto da partida, evitam as desagradáveis filas de espera para os que como eu, antes do arranque necessitam da usar uma casa de banho, já durante o trajeto a quantidade poderia e deveria ser aumentada;
– A partida atual está muito bem organizada e sem grandes apertos. O número elevado de participantes levou a organização, nos últimos anos, a mudar o local de partida de dentro do estádio para a zona exterior…parece-me uma boa opção e a solução mais correta…as grandes e largas avenidas no início da prova, permitem um escoamento rápido do pelotão sem atropelos nem congestionamentos.
-Tal como já referi, durante toda a prova, é enorme o apoio popular…uma animação e incentivos permanentes, e o trajeto é muito bonito e todo ele plano;
– Os abastecimentos são em bom número e “bem fornecidos” e ainda temos os abastecimentos extras da responsabilidade do público (sólidos e líquidos…à minha mulher este ano tocou-lhe um chocolate … fantástico ).
– A chegada é realmente fenomenal, estádio muito bem composto e a organização muito cuidadosa com os atletas. Qualquer um dos “locos del pelotón” seguramente que se emociona com o percorrer dos últimos 300m.
– O clima, nesta altura do ano em Sevilha, normalmente ajuda a boas prestações, e na edição de este ano, esteve uma vez mais impecável.

Foi mais uma aventura magnífica e espero voltar de novo à maratona de Sevilha, na companhia da minha companheira da maratona da vida e uma vez mais com uma armada forte e animada da equipa RunLovers.

sevilha02Nestas coisas, sou mesmo um adepto da diversão, do convívio, da partilha e boa disposição…sem nunca esquecer a corrida e a permanente tentativa de superação (seja lá isso o que for, penso que neste caso cada um terá a Sua).

Deixo os parabéns a todos os que participaram e concluíram a sua maratona, seja lá ela o que tenha sido.
Da minha parte…obrigado a todos os que de alguma forma, nesta edição em Sevilha, tiveram para comigo uma palavra de ânimo, simpatia ou incentivo.
Para terminar este primeiro texto que escrevo para o projeto “O Praticante”, deixo uma pequena mensagem a todos os atletas e maratonistas ou aspirantes a maratonistas.
Não me refiro aos atletas de alta competição ou elite, mas sim aos que como Eu, se atiram a estas loucuras das corridas com o propósito de nos divertir-mos, partilharmos boa disposição e amizade e para nos superarmos, sabendo que esta coisa das corridas não é seguramente uma das nossas obrigações, é sim um bem que nos ajuda a tornar a nossa vida melhor, mais saudável e mais divertida.

sevilha03Para mim e seguramente para todos os atletas de pelotão, terminar uma maratona é sempre uma emoção envolvida num sentimento de superação e conquista.
É uma prova única e especial, e como tal requer uma preparação conveniente e específica, e para isso existem especialistas que podem ajudar todos os que quiserem atirar-se a esta aventura.
Nunca esqueçam que uma maratona são 42,195m…à que a preparar bem e nunca lhe perder o respeito, com o risco de transformar a alegria da superação, num pesadelo sem fim e com consequências que podem ser graves.

Boas corridas, carregadas de boa disposição, convívio e animação, são os votos que deixo a todos os atletas de pelotão que como eu, vivem esta coisa das corridas como uma forma diferente, animada e saudável de aplicar o pouco tempo livre que vamos tendo.

Finalizo, agradecendo ao David Silva o desafio que me lançou e esperando poder contribuir de uma forma positiva, divertida e em alguns casos instrutiva, neste belo projeto que é “o Praticante”.

Abraços e até um destes dias

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto / Fotos: Nuno Sentieiro Marques

Parceiros

Deixe uma resposta