Copa do Mundo de Ciclocrosse, UCI anuncia calendário

copa

Foto: Tim de Waele/Corbis

O calendário da Copa do Mundo de Ciclocrosse para a época de 2021/2022 foi anunciado pela UCI.

Das 16 provas da Copa do Mundo de Ciclocrosse, apenas foram reveladas 14.

Texto: José Morais – Noticias do Pedal
Foto: Tim de Waele/Corbis

Visualize também Clássica de Almeria já tem data marcada

Foto de arquivo

UCI anuncia calendário da Copa do Mundo de Ciclocrosse 2021/2022

Os EUA a marcarem a abertura do ano com três provas, com estreia no Mundial em Fayetteville, Arkansas, as mesmas abrindo a temporada em outubro.

A maioria das provas vão para a Bélgica com a realização de seis, seguindo-se França e Holanda, ambas a realizar duas, e ainda a prova de Tabor que voltará novamente para a República Tcheca.

Vão ser realizadas provas em Fayetteville, Arkansas e Flamanville, com a França a fazer a inauguração no circuito da Copa do Mundo, duas corridas marcadas para dezembro, sendo listadas como TBC, aguardando da parte dos organizadores as inspeções finais dos locais a realizar.

A abertura está marcada para 10 de outubro, e regressa a Waterloo, Wisconsin, no território principal da Trek Bikes, sendo programada como a prova principal da Copa do Mundo de 2020.

De volta está pelo quinto ano o Jingle Cross, a prova da Copa do Mundo a 17 de outubro, que por tradição faz parte de um fim de semana de três dias em Iowa City, Iowa com a sua tradicional assinatura ‘Mount Krumpit’ na escalada.

Pela primeira vez na Copa do Mundo vai haver uma competição a meio da semana, entre as provas do Centro-Oeste será fayettecross, no circuito dos EUA a 13 de outubro.

O percurso de Fayetteville vai ser realizado no Centennial Park com cerca de 98 hectares, fazendo uma apresentação do percurso para o Campeonato do Mundo da UCI a realizar a 29 e 30 de janeiro de 2022.

copa
Foto: Tim de Waele/Corbis

Campeonato Mundial voltará à América do Norte

De 29 a 30 de janeiro de 2022, o Campeonato Mundial voltará à América do Norte pela segunda vez a ser realizado em Fayetteville.

De referir que a última vez que os EUA receberam os Mundiais foi em 2013, altura em que saiu pela primeira vez para fora da Europa, sendo sediado em Kentucky, para Brook Watts.

O diretor das provas da FayetteCross, afirmou não haver nos Estados Unidos um percurso como este de ciclocrosse, estando a ser construído à 16 meses, com o pormenor de cada metro construído, dedicado a trazer melhor da linda montanha de fayetteville.

O percurso possui audaciosas descidas, uma subida de pulmão cheio, mais algumas subidas especiais, onde os ciclistas serão testados.

Para John Meehan, o promotor e diretor da prova do Jingle Cross, está com otimismo de permitir ter espetadores, e caso os mesmo possam regressar no outono, no Watts, na maior parte do percurso as facilidades de acesso são muito acessíveis, até mesmo nas zonas mais arborizadas.

Foto de arquivo

O entusiasmo também é imenso

O entusiasmo também é imenso em fazer parceria com a Flanders Classics, trazendo a UCI Cyclo-Cross World Cup de volta a Iowa City, como ainda o Festival de Ciclocrosse Jingle Cross de três dias, onde também incluirá mais de 60 eventos amadores de ciclocrosse, para milhares de espetadores e participantes.

O Comitê de Gestão da UCI quando no passado ano divulgou o calendário de 2020/2021, tinha confirmado que a Flanders Classics assumia a organização da Copa do Mundo, juntamente com um número limitado de provas que se realizaria no coração histórico do ciclocrosse na Bélgica, entre 14 a 16 no máximo de provas de série, omitindo no calendário Iowa City como uma das provas da Copa do Mundo, sendo apenas Waterloo selecionado para a única realizada nos EUA.

De relembrar que apenas cinco provas da Copa do Mundo foram realizadas das 14 programadas, já que o calendário foi alterado devido à pandemia do Covid 19.

A prova de Waterloo a ser cancelada, como ainda uma nova prova programada para ser realizada em Dublin, Irlanda, os poucos eventos realizados a serem confinados a uma pequena região geográfica incluindo a Bélgica, República Tcheca e Países Baixos.

E o calendário da Copa do Mundo de Ciclocrosse 2021-2022 está programado assim:

10 de outubro: Waterloo, Wisconsin, EUA

13 de outubro: Fayetteville, Arkansas, EUA

17 de outubro: Iowa City, Iowa, EUA

24 de outubro: Zonhoven, Bélgica

31 de outubro: Overijse, Bélgica

14 de novembro: Tabor, República Tcheca

21 de novembro: Koksijde, Bélgica

28 de novembro: Besançon, França

5 de dezembro: TBC

12 de dezembro: TBC

18 de dezembro: Antuérpia, Bélgica

19 de dezembro: Namur, Bélgica

26 de dezembro: Dendermonde, Bélgica

2 de janeiro: Hulst, Países Baixos

16 de janeiro: Flamanville, França

23 de janeiro: Hoogerheide, Países Baixos

Parceiros

Deixe uma resposta