A CORRIDA MAIS EXTENSA DE PORTUGAL ESTÁ DE VOLTA

Foto: Susana Luzir

O ALUT não se explica… sente-se!” Por isso, mais do que explicar o desenrolar deste evento, desta corrida, que já é incontornável na história do ultra endurance nacional, a sua organização, a cargo da Algarve Trail Running, convida todos os interessados, de 24 a 27 de novembro, a sentir o ALUT.

Evento

ALUT- Algarviana Ultra Trail – a corrida mais extensa de Portugal está de volta

Os atletas já responderam à chamada, e, numa quinta edição com a lotação quase esgotada, mais uma vez, o Algarviana Ultra Trail parte para os desafiantes 300 km que ligam o interior do Algarve, na sua maioria pela Via Algarviana, de 24 a 27 de novembro.

Este ano o percurso volta a fazer-se no sentido inverso das primeiras edições, portanto, do Cabo de São Vicente para Alcoutim.

Os atletas pediram e, como esta é uma prova de atletas para atletas, a organização do ALUT decidiu realizar o percurso dois anos para cada lado.

Assim, é possível diversificar o desafio e temos dois recordes a bater”, explica a organização.

Este ano o primeiro campeão, João Oliveira, volta a alinhar na partida, depois da ausência no ano passado, mas não vai sem concorrência.

O francês Stevan Pavlovic promete fazer-lhe frente, como aconteceu na segunda edição. De destacar a estreia do experiente Armando Teixeira neste desafio, que se testa na distância.

E o melhor mesmo é não subestimar a francesa Claire Bannwarth, que em Portugal já foi a vencedora da geral da PT281.

De notar que na primeira edição, o ALUT teve apenas uma mulher a participar. Em 2021 tivemos 12 e agora 9. São cada vez mais as aventureiras dos 300 km”, lembra a organização.

Foto: Susana Luzir

Uma forma diferente de viver o ALUT

Inscritas estão também, para já, três equipas de quatro elementos, que vão experimentar uma forma diferente de viver o ALUT.

Se fazer o percurso a solo é um desafio de gigante, fazê-lo em equipa acarreta o desafio acrescido da logística e da sincronia entre os diferentes elementos.

Tem de estar sempre um atleta em prova e as trocas só podem ser realizadas nos locais definidos para tal.

Por isso, o nosso sistema de monitorização em tempo real assume aqui um papel preponderante”, realça a organização.

É este sistema de acompanhamento dos atletas em direto que permite à organização manter a segurança, já que a prova não é marcada; e aos que estão a assistir ao evento saberem ao segundo onde estão os participantes.

Assim, é mais fácil saber quando e em que local os atletas estão a passar. “Numa prova desta dimensão, o apoio aos participantes é fundamental, para que se mantenham motivados.

Apesar do empenho da organização e dos voluntários, ter pessoas a assistir e a incentivar é uma mais-valia para todos.

Por isso, a organização do ALUT convida todos os que puderem a vir passar o fim-de-semana ao Algarve e a apoiar estes bravos”.

A tarefa de apoiar, incentivar e animar os participantes do ALUT é facilitada pela organização, que disponibiliza, além do sistema de acompanhamento em direto, os locais de passagem dos atletas e os tempos estimados.

Desta forma, os acompanhantes dos atletas, mas também quem vem apenas assistir ao evento, pode realizar um programa próprio por terras algarvias e estar sempre no sítio certo à hora certa”, remata a organização.

Foto: Susana Luzir

Via Algarviana

A Via Algarviana, cuja gestão e manutenção é da responsabilidade da Associação Almargem, é uma Grande Rota Pedestre (GR13) que liga Alcoutim ao Cabo de São Vicente.

Os cerca de 300 quilómetros do itinerário da GR13, na sua maioria instalados na Serra Algarvia, atravessam 9 concelhos do Algarve: Alcoutim, Castro Marim, Tavira, São Brás de Alportel, Loulé, Silves, Monchique, Lagos e Vila do Bispo.

Com o objetivo de promover os territórios de baixa densidade e de ampliar a oferta turística da região, a Via Algarviana aproxima-se de locais de interesse natural e cultural, bem como de serviços de alojamento e restauração, dinamizando a economia local do interior algarvio.

É possível contribuir para a manutenção da Via Algarviana através de donativo à sua entidade gestora. Poderá saber mais sobre esta e outras informações sobre a Via Algarviana.

Parceiros

Deixe um comentário