5 MINUTOS COM A EMBAIXADORA DINA FERREIRA

Dina Ferreira

Dina Ferreira - Ultra Trail dos Abutres

Dina Ferreira, de 46 anos de idade, que representa o Clube Tap Portugal, vai ser a embaixadora do Trail Praia Mag8 2024, já com vários pódios no seu recente currículo desportivo.

Trail Praia Mag8 2024 é uma organização, denominada «Mag8 Nature Events», constituída por atletas e que conta com o voluntariado de amigos envolvidos na sua organização para idealizar este evento, mas mais que um evento, um desafio para a organização e participantes!

Aproveite e desfrute de um fim de semana Turístico / Desportivo, pernoitando na “Quinta dos Lagos” que oferece um desconto de 10% aos participantes do Trail Praia Mag8 2024, ou se tiver auto caravana no “Pinhal das Caravanas“, para uma boa refeição fica o convite no “Restaurante Vaca Argentina

Inscrições / regulamento

Página do evento

Leia também

FAZ PARTE DA HISTÓRIA DO TRAIL PRAIA MAG8

FRANCISCO AMARO “O ORGANIZADOR AO RAIO-X”

“O culpado de me iniciar no trail foi um amigo”

O inicio da sua carreira desportiva, como nos disse Dina Ferreira foi “O meu percurso desportivo começou apenas há cinco anos, no passado apenas praticava desporto escolar, nunca tive atividades desportivas extras.

Continuando, falou de como surgiu o Trail no seu caminho “O culpado foi um amigo, Hugo Guerreiro, no final 2019 desafiou-me a fazer o Trail Curto no Pinga Trail, 16 km (para quem não corria nem 5 km, foi uma loucura).

Lembro-me que na altura nem sapatilhas para trail tinha, fui comprar de propósito para aquele dia.

No dia da prova chovia muito, percurso com alguma lama, mas para meu espanto, adorei.

Acabei cheia de dores nas pernas, uma coisa horrível, mas ao mesmo tempo estava cheia sensações boas.

Foi um primeiro encontro que correu muito bem, virou paixão.

O Francisco Amaro, também culpado, foi que nos apresentou os trilhos aqui pelo Magoito, que não conhecíamos, apesar de residirmos aqui perto.

Dina Ferreira
Dina Ferreira em Miranda do Corvo

Dina Ferreira “Fui muito fácil de conquistar”

Que o amor pela modalidade cresceu naturalmente “Eu sempre gostei de correr, mas não na estrada, então nunca investi muito, porque não gostava do ambiente em si.

Juntar corrida com trilhos, é algo maravilhoso, é impossível não se gostar. Fui muito fácil de conquistar 😊.”

Eu já passei por muitas situações caricatas, mas como envolvem outros atletas, vou cingir-me a um momento que só me envolve a mim.

No ano passado decidimos aventurar-nos numa prova de 3 dígitos, a cerca de 2 km da meta fiquei sem bateria no relógio onde tinha o GPX, o cansaço já não me deixava ver fitas, senti-me perdida.

Liguei para a minha filha que na altura estava a dar-nos apoio e pedi para ela ver pelo meu GPS onde é que eu estava.

Quando ela me diz que já não tenho o GPS ligado, caiu-me tudo.

Então comecei a praguejar ao telefone e no meio dos meus desvaneios sai-me o “já não saio daqui eles (organização) que me venham buscar e de helicóptero”.

E ela responde-me com uma serenidade “Mãe, como compreendes ninguém te vai buscar e muito menos helicóptero”.

Naquele momento olho em volta e estou rodeada de árvores e penso “realmente não estou a ver um helicóptero chegar aqui”.

Por fim com calma excecional e assertiva do grande Eduardo Pinto, que ao telefone conseguiu levar-me até a uma fita e lá segui, furiosa, porque não me tinham ido buscar de helicóptero, até a meta.” mencionou Dina Ferreira como um momento engraçado na sua carreira desportiva.

Dina Ferreira em Miranda do Corvo

“não somos “ninguém”” Dina Ferreira

Foi com o sentimento do título que recebeu o convite para ser madrinha do Trail Praia Mag8 2024 “O Trail Praia Mag8 2024 é organizado por um atleta que adora o que faz, logo, isto é, um bom ponto de partida.

O local onde decorre é maravilhoso, junto á praia do Magoito.

Lá existem trilhos muito distintos, o que nos permite durante o percurso estar perante diferentes ambientes, que nos vão enchendo os olhos, mas também a alma.

Sobre a região confidenciou-nos “Claro que sim, é a nosso “quintal” para treinos.

Conhecemos quase todos trilhos por onde vão passar as provas, tanto a curta, como a longa.

É uma zona muito bonita e os percursos estão bem desenhados.

O Francisco Amaro esmerou-se. É vir participar e usufruir.

Não senti dificuldades para me preparar para o Trail Praia Mag8 2024, porque já conheço grande parte dos trilhos e sei o que me espera.” acrescentou.

Deixando o convite para quem ainda não se inscreveu “É ótimo, tanto para quem queira vir desafiar-se por estes trilhos á beira mar, como para quem se queira desafiar pela primeira vez o trail.

Penso, que está feito à medida de todos.

No final, se o tempo o permitir, ainda têm possibilidade de ir a banhos e desfrutar o resto do dia na praia.

Dina Ferreira
Dina Ferreira no Trail dos Calceteiros – Foto: Paulo Sezilio Photography

“…uma aventura de 100 km para início de maio…”

Falando sobre os próximos objetivos em mente após este evento “Ainda não tenho nada definido, apenas algumas vontades.

Como estamos a preparar mais uma aventura de 100 km para início de maio, vou ver como “corre”.

Só depois é que analiso o que pretendo fazer.

O Trail Praia Mag8 vai ser a minha última prova antes de ir de férias de verão.

Mencionou a importância do apoio familiar “Apoio familiar é muito importante, porque são eles que sofrem com as nossas ausências, com as nossas aventuras e desaventuras.

Eu, no entanto, tenho a sorte de ter o Francisco Ramos como companheiro e partilhar comigo esta maneira de estar.

Treinamos grande parte do tempo juntos, vamos quase sempre às mesmas provas, portanto estamos quase sempre juntos.

Ele motiva-me e eu a ele. Quantas vezes não apetece, mas está lá o outro a espicaçar.

Existem aqueles casais que fazem escapadinhas a dois para passearem e namorarem, nós fazemos isso, mas está sempre uma prova ou treino envolvido :-P.

À cerca de umas semanas a trás fizemos uma escapadinha aos Açores, no primeiro dia na ilha, prova, 51 km, só porque sim.

Dias seguintes foi desfrutar, um pouco “empenados”, com dor aqui, com dor ali, mas nada que já estejamos habituados.

O trail também é isto, é uma desculpa para conhecer novas paragens.

Dina Ferreira no Trail dos Texugo – Foto: Fotos do Zé

“…acabar as provas e acabar bem…”

Para concluir Dina Ferreira fala-nos sobre os sacrifícios que efetua para se superar “O meu objetivo é sempre, acabar as provas e acabar bem.

Claro que para isso temos de nos dedicar nos treinos.

Os sacrifícios passam por recusar alguns convites de amigos ou família, porque no dia a seguir vais ter aquele treino mais duro.

Acordar cedo nos fins de semana para o treino acabar também cedo e não prejudicar o tempo em família.

Durante a semana conseguir conciliar, trabalho, casa e treinos, não é fácil, mas tudo se faz, desde que haja força de vontade.

Dias de chuva e frio, ui, sabe tão bem ficar em casa, mas sais para a rua na mesma, não há desculpas.

Eu ás vezes brinco que o meu sofá já não me conhece.

Parceiros

Deixe um comentário