Esqui Adaptado e Paraciclismo apoiados pela Fundação do Desporto

Paraciclismo e Esqui Adaptado apoiados no âmbito do protocolo de cooperação celebrado entre a Fundação do Desporto e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Também no eixo de apoio ao “desporto para pessoas com deficiência/incapacitadas”, foi decidido apoiar dois projetos de desenvolvimento desportivo:

Desenvolvimento do Paraciclismo”, uma iniciativa da Federação Portuguesa de Ciclismo, e

Desenvolvimento do “Esqui Adaptado”, iniciativa da Federação de Desportos de Inverno de Portugal, para que pessoas com mobilidade reduzida possam praticar a modalidade.

Texto: Fundação do Desporto

Fundação do Desporto e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa apoiam projetos de Paraciclismo e Esqui Adaptado

Para Maria da Cunha, Sub-diretora da Direção de Comunicação e Marcas da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa “Este é mais um bom exemplo da política de patrocínio útil promovida pela SCML, na promoção da inclusão e integração social pelo desporto.

É importante fazer o apetrechamento deste tipo de equipamentos para que a oferta da prática desportiva para pessoas com mobilidade reduzida e portadoras de deficiência seja cada vez mais próxima e universal.

Paulo Frischknecht, Presidente do Conselho de Administração da Fundação do Desporto, destaca que “O apoio a iniciativas que melhorem as condições de prática dos cidadãos com mobilidade reduzida ou com deficiência é uma orientação estratégica nossa.

Estes projetos estão, não só dentro do escopo da ação desta organização, como entroncam em pilares basilares do movimento fundacional.

Esqui Adaptado

O Protocolo de Cooperação celebrado entre a FdD e a SCML assenta em pontos comuns vertidos na missão e valores das entidades.

Considerando as necessidades crescentes de colaboração e articulação institucional, por parte de entidades com objetivos estatutários e missões focalizadas no desenvolvimento social, civilizacional e económico, a FdD e a SCML decidiram desenvolver formas de colaboração e intercâmbio mútuos em áreas de reconhecido interesse público, científico, técnico e prático, em especial no que concerne à promoção da saúde, da educação, qualificação e formação e em prol da cidadania.

Parceiros

Deixe uma resposta