Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Final emotivo do Giro, com Ruben e João em destaque

25 de Outubro de 2020, dia da etapa final do Giro de Itália de 2020, este ano um pouco fora da época devido á pandemia.

Edição do Giro marcada este ano pela língua portuguesa através dos nossos compatriotas João Almeida e Ruben Guerreiro.

Ruben e João em destaque no Giro de Itália

O ciclismo português deu um passo em grande não só a nível nacional como internacional, pelo trabalho e esforço dos nossos compatriotas.

Ambos estreantes numa das três grandes voltas, João e Ruben estiveram ombro a ombro com os principais favoritos às vitórias finais.

Os 15 dias que o João Almeida envergou as camisolas rosa e branca.

Ruben Guerreiro a camisola azul até Milão, levaram os portugueses a sonhar com mais ainda.

Que João Almeida fosse o vencedor desta edição.

Estas prestações levaram os adeptos do ciclismo a vibrar com cada etapa que foi passando.

Até aqueles que não acompanham a modalidade se renderam aos resultados obtidos pela sua magnitude.

Após os quase 3500 km percorridos nestas ultimas três semanas chega assim um dos Giros mais emocionantes para os adeptos portugueses.

Chegou-se a Milão, Ruben Guerreiro com a camisola azul e o João Almeida com um espetacular 4º lugar, sendo que irão fazer os adeptos sonhar mais num futuro próximo.

final
Geoghegan Hart

Final emotivo do Giro

Quanto á ultima etapa do Giro, partiram para a estrada os dois líderes da classificação.

Jai Hindley (Team Sunweb) e Tao Geoghegan Hart (Ineos Grenadiers), com o mesmo tempo na geral.

Sorrindo a vitória ao ciclista da Ineos Grenadiers conquistando a vitória na prova, com menos 39 segundos.

João Almeida (Deceuninck Quick Step) que á partida era 5º classificado, voou neste ultimo contra relógio, passando o espanhol Pello Bilbao (Bahrain Maclaren) na classificação geral e terminando num excelente 4º lugar.

De destacar a participação também da equipa Ineos Grenadiers que perdeu o seu líder Geraint Thomas no inicio da prova devido a queda.

Mas que no entanto consegue a vitória final individual e por equipas, ao vencer 7 etapas desta edição do Giro.

Texto: Francisco Heitor

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta