Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Golden Trail National Series, Portugal no circuito

Depois do êxito da primeira edição das Golden Trail National Series, um circuito criado pela Salomon e formado pelas corridas de montanha mais icónicas que se celebram na Europa, em 2020 a experiência repete-se e dá lugar à segunda edição. O objetivo e a essência serão os mesmos, reunir os melhores atletas de cada país em cinco corridas emblemáticas.

As novidades são a final no Azores Trail Run® – Volcanoes Trail e a Kanpezu-Ioar Mendi Maratoi Erdia.

As novidades deste ano são a final na ilha do Faial, no Azores Trail Run® – Volcanoes Trail e a inserção da Kanpezu-Ioar Mendi Maratoi Erdia, enquanto as restantes corridas serão as mesmas da edição passada: a Maratón del Meridiano, o Louzantrail, o Trail Cap de Creus e a Sky Pirineu.

Todas entre os 20 e os 42 km e seguindo a filosofia do circuito internacional das Golden Trail World Series: mostrar e proteger a natureza e as montanhas onde se compete e juntar os maiores apaixonados deste desporto.

Louzantrail – Foto: Fotos do Zé

As 5 Magníficas do Golden Trail National Series

O pano sobe a 1 de fevereiro no ponto mais a sul da Europa, a ilha del Hierro, nas Canárias, com a Maratón del Meridiano (42 km e 2.600 m D+).

Daí o circuito viajará até ao coração de Portugal, para o Louzantrail (30 km e 2.000 m D+), que terá lugar a 8 de março. Uma prova de emoções nas famosas Aldeias do Xisto, cujo o traçado promete caminhos rurais entre vales e áreas montanhosas que revelam a história da Serra da Lousã.

A paragem seguinte será a 19 de abril na Catalunha para o Trail Cap de Creus (23 km e 1.200 m D+), caracterizado pela espetacularidade da Costa Brava e seus penhascos, no limite entre o céu e o mar.

A 5 de Maio estreia-se no circuito a Kanpezu-Ioar Mendi Maratoi Erdia (26,5 km e 1.930 m D+) que cruzará a Sierra de Kodés, na linha entre Navarra e o País Basco, passando pelo seu ponto mais alto, o Monte Loar (1.416 m), com vistas para o Vale de Kanpezu a norte e para o Vale de Ebro a sul.

No outono, a 3 de outubro, os Pirinéus catalães acolhem a Sky Pirineu (36km, 2800 m D+), uma corrida de puro skyrunning e que percorre alguns dos pontos mais simbólicos do Parque Natural de Cadí Moixeró.

Daí o circuito voa até ao Faial para a grande final no Azores Trail Run® – Volcanoes Trail (38 km e 2000 m D+) a 1 de novembro.

Azores – Volcanoes Trail – Foto: Pedro Silva

Açores, a grande final do Golden Trail National Series

Em cada uma das 5 corridas que fazem parte do circuito, será atribuída uma pontuação aos participantes, partindo dos 100 pontos para o primeiro até aos 2 pontos para o corredor classificado na 30.ª posição.

Realizadas as 5 magníficas, os 3 primeiros classificados masculinos e femininos, com a condição de terem participado em 2 corridas, mais a Sky Pirineu, serão automaticamente convidados a correr na final das GTNS que se celebrará a 1 de novembro no Azores Trail Run® – Volcanoes Trail (38 km e 2000 m D+).

Aqui competirão os melhores das GTNS europeias e os pódios masculino e feminino terão acesso direto a três corridas das Golden Trail World Series 2021.

Volcanoes Trail

Na Azores Trail Run® – Volcanoes Trail, os atletas vão poder desfrutar de um traçado diferente e especial, pois cruza 10 vulcões adormecidos e desemboca na Levada, considerada o maior trabalho de engenharia hidráulica da década de 60 nos Açores.

São 8 km por pontes e túneis espetaculares neste canal artificial de água que vai dar à Caldeira do Faial, uma das caldeiras vulcânicas mais incríveis do planeta. Depois da volta começa a descida através de velhos caminhos até à cidade da Horta, situada numa das baías mais bonitas do mundo.

A grande final reúne tudo para ser incomparável e fechar a segunda edição das Salomon Golden Trail National Series.

Ilha da graciosa

 

2019 foi a Sky Pirineu que recebeu a final

Em 2019 foi a Sky Pirineu que recebeu a final a 5 de outubro. E os vencedores desta primeira edição do circuito foram o espanhol Eduard Hernández, que entrou a ganhar na primeira corrida no Louzantrail, seguindo do norueguês campeão de Skyrunnning mundial, Stian Argermund-Vik e Jan Margarit. No feminino a vencedora foi Gisela Carrión, seguida de Silvia Puigarnau e Maria Beringues, 6.ª e 12.ª respetivamente no Louzantrail.

Veja o vídeo da primeira edição.

Mais informação sobre as Golden Trail Series.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta