ISAAC PORTELA: “VAMOS LUTAR PELA VITÓRIA!”

Isaac Portela

Isaac Portela

O piloto leiriense Isaac Portela está de regresso para disputar a Taça de Portugal de Ralis que, uma vez mais, terá como “relvado” o Rallye Casinos do Algarve.

Leia também

MIGUEL OLIVEIRA É CABEÇA DE CARTAZ NO RALLYE CASINOS DO ALGARVE

Texto: VMotores
Fotos: Onpace Media

Isaac Portela “Uma taça é sempre uma taça e é para ganhar!”

Numa só frase, Isaac Portela revela o mote que preside a este regresso à competição: “Uma taça é sempre uma taça e é para ganhar!”.

A participação na Taça de Portugal acontece depois de um longo “jejum” e quando tudo indicava que só em 2023 a dupla que forma com Duarte Susano voltaria à atividade.

Isaac Portela e Duarte Susano

Tudo indicava que, como tínhamos anunciado, só em 2023 voltaríamos a correr. Mas, felizmente, foi possível reunir os apoios para disputarmos a Taça de Portugal de Ralis”.

Isaac Portela considera que “será um rali longo, duro e muito bem disputado.

Queremos lutar pela taça no Grupo X1 e na Classe 9, sabendo que vamos enfrentar uma concorrência muito forte, mas a nossa motivação está em alta, temos perfeita noção do nosso valor e vamos dar tudo para trazer para Leiria o troféu!

Confiando como sempre no Citroen C2 R2 equipado com pneus Kumho, Isaac Portela salienta que “foi feito um profundo trabalho do carro e achamos que tudo estará em ordem para atacar e estar na luta pelo triunfo”.

Pela frente, Isaac Portela e Duarte Susano terão nesta edição do Rallye Casinos do Algarve um traçado desafiante que se inicia com o Qualifying que ditará a ordem de partida para a 1ª etapa, na manhã de amanhã, sexta-feira, tendo uma extensão de 4 quilómetros.

Rallye Casinos do Algarve

A etapa inaugural desenrola-se ao longo da tarde e noite de sábado, tendo duas passagens à tarde pelos 9,5 quilómetros da especial de Portimão e a passagem única pela Super Especial de Lagos, cujo traçado tem uma extensão de 1,6 kms.

No domingo, a segunda etapa contempla uma dupla passagem matinal pelas classificativas de Chilrão (17,6 kms) e Monchique (10,25 kms), com o percurso contra o cronómetro do rali a ficar concluído com a Super Especial de Portimão (2,2 kms), aprazada para o início da tarde.

Parceiros

Deixe um comentário