Jacob Kiplimo estrela do 30º Aniversário da Meia Maratona de Lisboa

Jacob Kiplimo

Jacob Kiplimo

Jacob Kiplimo, atual campeão mundial da distância é a estrela do 30º aniversário da EDP Meia Maratona de Lisboa.

Leia também sobre o evento

Maratona de Lisboa, uma das provas mais bonitas

Maratona de Lisboa um cenário único no mundo!

Maratona de Lisboa, Meia Maratona e Mini Maratona juntam 15.000 corredores

Trinta anos da Meia Maratona de Lisboa

Site oficial do evento.

Página do evento.

Evento no Instagram.

30º aniversário da EDP Meia Maratona de Lisboa

É já este Domingo, dia 21 de novembro, que se celebra o 30º aniversário da EDP Meia Maratona de Lisboa, a prova mais popular do país, e uma das mais emblemáticas do mundo!

Como ex-libris tem a travessia da Ponte 25 de Abril e o seu percurso plano e rápido.

trinta

Depois do interregno devido à pandemia, a meia maratona regressa e traz consigo uma nova distância para a mini maratona.

A prova com um percurso de 10 km cronometrados tem agora a designação de: Vodafone 10K. Ambas as corridas partem na Ponte 25 de Abril e terminam em frente ao Mosteiro dos Jerónimos.

Este Domingo comemoramos o 30º aniversário e contamos com inúmeras figuras públicas, amigos, atletas de elite e corredores anónimos a festejar entre a Ponte 25 de Abril e a meta, em frente ao Mosteiro dos Jerónimos.

A EDP Meia Maratona de Lisboa tem uma história fantástica.

Ao longo destes 30 anos, trouxe recordes mundiais, trouxe milhares de visitantes, trouxe motivação à prática desportiva, em Portugal.

Penso que não exagero se disser que “ela” é um acontecimento desportivo indispensável à cidade de Lisboa, no fundo é como se já a representasse.”, afirma Carlos Moia.

Jacob Kiplimo, atual campeão mundial da distância a estrela desta edição

À semelhança das edições anteriores, a EDP Meia Maratona de Lisboa contará um grupo de atletas de elite de renome, no qual se destaca o ugandês Jacob Kiplimo, atual campeão mundial da distância, e que chega à capital portuguesa como o segundo mais rápido da história, mercê dos 57.37 minutos conseguidos no ano passado em Valência – a apenas 5 segundos do máximo mundial de Kibiwott Kandie.

Estou muito entusiasmado por competir aqui, é a minha primeira vez e é um grande prazer estar cá.

Vou dar o meu melhor, as últimas semanas de treino foram boas.

Estou aqui para dar o meu melhor, vencer e talvez tentar o recorde do percurso“, assumiu o atleta ugandês, Jacob Kiplimo durante a Conferência de Impensa, fazendo mira ao registo de Zersenay Tadese (58.23), conseguido em 2010 e que foi até 2019 o recorde mundial.

Nove atletas com marcas abaixo da hora

A par do campeão do mundo, o pelotão da elite contará com mais nove atletas com marcas abaixo da hora, incluindo Shadrack Kimining (59.27), Huseyidin Esa (59.32), Edmond Kipngetich (59.41) e Hillary Kipkoech (59.44).

Gerba Beyata Dibaba, vencedor da Luso Meia Maratona de Lisboa do mês passado, também estará presente.

Também no lado feminino a qualidade abunda, com o destaque a ir para Tsehay Gemechu, que chega à capital portuguesa com uma melhor marca de 65.08 minutos, conseguida já este ano em Copenhaga.

A seu lado estará também Hiwot Gebrekidan (2.ª na Maratona de Berlim, no passado mês de setembro; com um recorde pessoal na ‘meia’ de 66.41).

Ambas as atletas são as mais bem cotadas a vencer a prova lisboeta, mas também a bater o recorde mundial de Peres Jepchirchir (65.16, conseguidos em Gdynia, no ano passado), referente a prova feminina com partida única.

As corridas de Domingo terão transmissão, em direto, na RTP1 e RTP Internacional, numa transmissão contínua entre as 10:00h e as 11:30h, levando estas provas a mais de 200 milhões de potencias telespectadores em todo o mundo.

O MCP pretende promover a prática desportiva, mas sempre em cumprimento com as regras de segurança e prevenção definidas pelas entidades competentes. A organização apela aos participantes que cumpram as normas em vigor, durante a sua corrida.

Parceiros

Deixe uma resposta