Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

João Almeida ainda sonha com lugar no pódio

Ontem penúltimo dia do Giro de Itália, proporcionou uma reviravolta na classificação geral, com João Almeida a ganhar segundos que hoje podem fazer toda a diferença.

Hoje será o dia de tudo ou nada, numa especialidade “Contrarrelógio” que o jovem português já demonstrou ser bom.

João Almeida
João Almeida – foto de arquivo

João Almeida no Tudo ou Nada

Tudo dependerá da sua prestação e dos seus concorrentes.

No entanto na sua estreia, por tudo o que fez nesta edição do Giro de Itália, será recordado, 31 anos depois o giro foi quase totalmente dominado por dois portugueses.

Ruben Guerreiro

Ruben Guerreiro e João Almeida dois heróis portugueses

João Almeida (15 dias de camisola rosa) e Ruben Guerreiro (camisola azul).

Hoje será o dia das decisões finais, em que o primeiro tudo fará para ficar no pódio e Ruben é o vencedor da montanha.

Mas voltemos à etapa de ontem, Wilco Kelderman perdeu a liderança, a camisola rosa.

A liderança é agora dividida com o mesmo tempo entre Jai Hindley e Tao Geoghegan Hart.

Foram 190 quilómetros, que se iniciaram em Albra e terminaram em Sestriere, fazendo-se a subida da estância de esqui por três vezes.

As bonificações desta etapa proporcionaram o empate aos actuais líderes desta edição.

Geoghegan Hart

Geoghegan Hart o vencedor da etapa

Hart como aconteceu anteontem, não largou Hindley, e foi o vencedor apenas nos metros finais.

Kelderman cedo cedeu, caindo para o terceiro lugar.

João Almeida ainda o ajudou, mas a Deceuninck-Quick Step de uma forma inteligente deu uma preciosa ajuda.

João Almeida conseguiu atacar, isolando-se na ultima subida e conquistando o quarto lugar.

Diminuindo a diferença para o terceiro e quarto classificados, respetivamente Kelderman e Pello Bilbao.

O contrarrelógio das decisões

A ultima etapa realiza-se hoje em Milão, um contrarrelógio de 15,7 quilómetros.

João é o favorito a ser um dos primeiros e poder desta forma ainda ambicionar o 3º lugar do Giro de Itália.

Esta etapa irá ser o desempate entre os dois primeiros, a disputa entre o português e o Kelderman, não será fácil, este ultimo é um bom contrarrelogista e tem vantagem sobre João.

Mas o João Almeida também já demonstrou que não é inferior pelas suas duas prestações neste Giro, tudo se decidirá no final das suas prestações.

Portugal vai parar para se assitir a esta epopeia, que consiga ele o pódio ou não, nunca ninguém poderá colocar em causa a sua prestação nesta edição.

Ele deu tudo o que tinha e não tinha, caiu de pé, dando tudo até ao ultimo milimetro, é um vencedor.

Ruben Guerreiro terminou a etapa e é o vencedor, o Campeão da Montanha.

Texto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta