João Almeida com boa prestação na Volta aos Emirados

João Almeida

João Almeida - foto de arquivo

A Volta aos Emirados Árabes Unidos já decorre e João Almeida encontra-se em quarto lugar.

Texto: Henrique Dias

O jovem ciclista português no seu regresso à competição, após uma Volta a Itália 2020, que ficará para a história do ciclismo nacional, esteve em destaque.

João Almeida
João Almeida

João Almeida com boa prestação na Volta aos Emirados Árabes Unidos

A primeira etapa foi constituida por 176 kms, entre o castelo de Al Dhafra a Al Mirfa, João Almeida venceu os dois sprints intermédio da etapa, cortando a meta em nono lugar, com a etapa a ser ganha pelo holandês Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix).

Mathieu foi o mais forte, superando o seu compatriota David Dekker (Jumbo-Visma) e o dinamarquês Michael Morkov (Deceuninck-QuickStep), que foram, respetivamente, segundo e terceiro com as mesmas 03:45.47 horas do vencedor.

O holandês assumiu a liderança da geral, com vantagem de quatro segundos para David e de seis para Michael, e sete para João Almeida, que na meta perdeu três segundos, mas somou seis ao ser o primeiro nos “sprints” intermédios.

João que não competia desde a Volta a Itália 2020, em que foi quarto classificado (relembrando que o ciclista português foi líder durante 15 dias), demonstrou a sua qualidade, apresentando-se como um dos candidatos à vitória nesta volta.

A Volta aos Emirados Árabes Unidos é a primeira competição da categoria WorldTour disputada esta temporada

Uma etapa que ficou marcada pelo forte vento lateral que soprou durante a corrida, e que partiu o pelotão.

O esloveno Tadej Pogacar (UAE-Emirates), vencedor do Tour 2020, será o grande adversário do ciclista português.

Tadej conseguir ingtegrar o grupo de 23 corredores que se destacou por o pelotão ter ficado partido, encontra-se a oito segundos do líder, em quinto lugar.

Giro de Itália
Ruben Guerreiro – foto de arquivo

Ruben Guerreiro atrasa-se

Ruben Guerreiro (EF Education-Nippo) o outro português em prova, foi uma das vitimas do forte vento que se fez sentir, perdeu 08m29s e encontra-se em 60º da geral do vencedor.

Hoje irá decorrer um contrarrelógio de 13 quilómetros na ilha de Al Hudayriat, onde o holandês verá ser posta à prova a sua liderança e João almeida poderá surpreender.

Vamos aguardar, desejando aos dois portugueses o maior sucesso

Parceiros

Deixe uma resposta