João Almeida e Nelson Oliveira em ação nos Nacionais de ciclismo

João Almeida

João Almeida e Nelson Oliveira

Os ciclistas Nelson Oliveira (Movistar) e João Almeida (Deceuninck-QuickStep), a dupla masculina convocada para os Jogos Olímpicos Tóquio’2020, estarão em prova nos Nacionais de estrada, desta sexta-feira a domingo, em Castelo Branco.

Texto: Lusa

Nelson Oliveira e João Almeida nos Campeonatos Nacionais de Ciclismo

Os Nacionais arrancam com um dia inteiro em Vila Velha de Ródão, na sexta-feira, com os vários contrarrelógios, começando com o paraciclismo, pelas 10:30, a elite feminina, pelas 11:00, os sub-23 masculinos, às 12:00, e a elite masculina, às 13:00.

Os percursos do contrarrelógio, adianta a Federação Portuguesa de Ciclismo em comunicado, são “essencialmente planos, com alguns topos que poderão ajudar a marcar diferenças“, com o traçado da elite masculina e sub-23 a contar com 30,5 quilómetros de distância.

joão almeida

Para os dois dias seguintes, a caravana, que ao todo contará com cerca de 300 participantes, muda-se para a capital de distrito.

No sábado, dia 19, decorre a prova de fundo do pelotão feminino, entre elite, sub-23, juniores, cadetes e veteranas, de manhã, a partir das 10:00, seguindo-se a corrida dos masculinos sub-23, a partir das 14:30.

Domingo, arranca o paraciclismo, pelas 09:00, com a partida da elite masculina marcada para duas horas e meia depois (11:30), encerrando o programa.

No fundo, com partida e chegada da Avenida do Empresário, as femininas de elite e sub-23 fazem 108,25 quilómetros, com um desnível acumulado de 1.425 metros, enquanto os sub-23 masculinos cumprem 170,55 quilómetros (2.420 metros de acumulado).

Os paraciclistas fazem 43,3 quilómetros, duas passagens pelo circuito, enquanto a prova rainha, da elite masculina, terá 192,2 quilómetros, ou cinco voltas num trajeto que passa por fora da cidade, para um desnível total de 2.705 metros.

João Almeida
João Almeida e Nelson Oliveira

Presente a dupla masculina que vai representar Portugal nos Jogos Olímpicos

O grande destaque passa pela presença, segundo a lista de inscritos para já provisória, da dupla masculina que vai representar Portugal nos Jogos, Nelson Oliveira e João Almeida.

O primeiro é um especialista do contrarrelógio que sabe o que é levar a bandeira na camisola, já que venceu por quatro vezes os Nacionais do ‘crono‘, em 2011, 2014, 2015 e 2016, enquanto Almeida é um antigo campeão de juniores e sub-23 tanto na especialidade individual como na prova de fundo.

A lista de inscritos, que só fecha à meia-noite desta sexta-feira, inclui ainda vários nomes do pelotão internacional, de André Carvalho (Cofidis), a José Gonçalves (Delko) e a Rui Oliveira (UAE Emirates), mas também Daniel Viegas (EOLO Kometa) e Bernardo Gonçalves (Lviv).

Joni Brandão – W52 FC Porto e Tiago Antunes – Tavfer-Measindot-Mortágua

Entre as equipas nacionais, destaque para Rafael Reis (Efapel) no ‘crono’, com os melhores ciclistas do pelotão português a marcarem presença, como Frederico Figueiredo (Efapel), Sérgio Paulinho (LA Alumínios), João Benta e Tiago Machado, da Rádio Popular-Boavista ou Tiago Antunes (Tavfer-Measindot-Mortágua).

Com uma armada que excederá os 10 ciclistas estará a W52-FC Porto, com Jóni Brandão, o antigo campeão José Mendes, o vencedor da Volta a Portugal em 2017 e 2020 Amaro Antunes e o vencedor da Volta ao Algarve deste ano João Rodrigues entre os inscritos.

No pelotão feminino, o grande destaque é também a apurada para Tóquio’2020 Maria Martins (Drops), ainda sub-23, além do regresso da campeã em título Melissa Maia (Farto-BTC), entre outros nomes, com a ausência, para já, de Raquel Queirós, apurada no ‘cross country‘ olímpico para os Jogos.

Maria Martins

Os nacionais vão decidir os sucessores de Rui Costa (fundo de elite masculina), Ivo Oliveira (contrarrelógio de elite masculino), Melissa Maia (fundo de elite feminina) e Raquel Queirós (contrarrelógio de elite feminino).

Parceiros