Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

João Almeida não vence, mas aumenta vantagem

João Almeida da Deceuninck–Quick-Step, foi o sexto classificado no segundo contrarrelógio do Giro de Itália 2020, a 14ª etapa.

O tempo que obteve permitiu-lhe reforçar a sua liderança, antes da ultima etapa da segunda semana.

Wilco Kelderman (Sunweb) encontra-se a 56 segundos do português, enquanto Pello Bilbao (Bahrain – McLaren) se encontra a 2m11s.

Ruben Guerreiro conseguiu o 44º lugar no contrarrelógio a 4m34s de Filippo Ganna, de novo vencedor a exemplo do primeiro contrarrelógio na edição inaugural.

Ruben Guerreiro

E os seis primeiros foram:

1º Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) 42m.40s
2º Rohan Dennis (Ineos Grenadiers) 43m.06s
3º Brandon McNulty (EAU) 43m.49s
4º Thomas De Gendt (Lotto Soudal) 43m.51s
5º Josef Cerny (CCC Team) 43m.56s
6º João Almeida (Deceunick Quick Step), 44m.10s

Filippo Ganna

Teste duro para João Almeida amanhã

Amanhã o português de 22 anos, natural de A-dos-Francos, Caldas da Rainha, terá pela frente na etapa que antecede o dia de descanso, mais um teste duro a continuar de Rosa.

A localidade onde nasceu encontra-se em festa estando a vestir-se totalmente de rosa, e à espera de poder comemorar com o João Almeida a sua vitória no Giro de Itália.

João Almeida
João Almeida

Todos neste momento torcem dia após dia pela sua vitória, ficando colados a todos os meios para saber novidades de cada nova etapa, cada novo dia, se continua de Rosa, se vence, se…

A etapa começa em Frecce Tricolori e termina em Piancavallo, terá quatro contagens de montanha, três de segunda e uma de primeira, esta ultima coincidente com a linha de meta, num total de 185 quilómetros.

“Almeida, uma Rosa com estilo”

João Almeida continua a ser destaque da imprensa internacional, o jornal espanhol “El País” escreveu um artigo sobre o português dando-lhe o Título “Almeida, uma Rosa com estilo”.

Salientou ainda o facto do português não ter vencido a etapa por centímetros, salientando “João Almeida não pensa no dia seguinte, no qual pode aumentar ainda mais a liderança.

Pensa no agora.

Segue a sua inspiração e não afoga o seu desejo no medo, como os mestres do velho ciclismo aconselham.

Em vez de respirar devagar, seguir na roda, prefere ser protagonista.

Texto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta