Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

João Geraldo com um nível exibicional muito elevado

João Geraldo está nas meias-finais de Singulares e, juntamente com Diogo Carvalho, na final de Pares do Open de Portugal Challenge Plus que termina este domingo no Pavilhão Municipal do Casal Vistoso.

João Geraldo está a fazer uma prova notável

João Geraldo (n.º 124 do ranking mundial) está a fazer uma prova notável, com um nível exibicional muito elevado. Nos quartos de final venceu por 4-0 o atleta da China-Taipé Feng Yi-Hsin (200), jovem de 17 anos que já tinha vencido João Monteiro por 4-0 neste Open. Feng Yi-Hsin foi medalha de bronze no Mundial de juniores de 2019.

Nos oitavos de final teve como adversário o finlandês Benedek Olah 104) e impôs uma derrota por 4-1.

Nas meias-finais vai jogar com o ucraniano Yevhen Pryshchepa, o carrasco de Tiago Apolónia. O jogo tem início às 12h30.

João Geraldo
João Geraldo

Diogo Carvalho / João Geraldo garantiram a presença na final

Diogo Carvalho / João Geraldo garantiram a presença na final de Pares com duas vitórias por 3-0. Primeiro frente aos russos Sadi Ismailov / Denis Ivonin e nas meias-finais com a dupla formada pelo húngaro Nandor Ecseki e o checo Tomas Polansky.

Na final têm pela frente os sul coreanos Baek Kwangil / Park Chan-Hyeok, que venceram Aleksandar Karakasevic (Sérvia) / Lubomir Pistej (Eslováquia) por 3-1 nas meias-finais. A dupla portuguesa venceu em 2019 o Open da Sérvia em Pares e chegou aos quartos de final na 1.ª edição do Open de Portugal.

Diogo Carvalho / João Geraldo

Tiago Apolónia: “Aqui é a minha cidade, a minha casa”

Tiago Apolónia (58.º do mundo) não conseguiu ultrapassar o ucraniano Yevhen Pryshchepa (148), numa partida muito disputada, que durou cerca de uma hora. Apolónia tinha vencido este adversário há 15 dias em Gondomar, na prova de qualificação olímpica.

Foi um encontro muito equilibrado, no último set tive a chance de ganhar, tive uma vantagem de 8-4. Mas tambem quando estava 2-1 para ele recuperei de uma desvantagem muito grande, de 5-10, o que demonstra o equilíbrio que existe neste tipo de jogos.

Estes jogos são decididos em pequenos detalhes. Por vezes é só um ponto. Recordo-me que a ganhar 8-4 houve uma boa bola de spin-spin e a minha bola bateu na rede e saiu. Talvez com um pouquito de sorte nesse ponto e o resultado fosse diferente, são pequenos detalhes.

Tiago Apolónia
Tiago Apolónia

Ele jogou muito bem hoje. Tinha-o defrontado há pouco tempo na qualificação olímpica e ganhei-lhe dessa vez. Ele hoje jogou ainda melhor, embora eu também tenha jogado bem. Foi muito equilibrado.

Agora vou pensar já no Open da Hungria, que é já para a semana e preparar da melhor maneira esse torneio. Quero agradecer o apoio do público que esteve aqui hoje.

Aqui é a minha cidade, a minha casa, e quero agradecer o apoio do público. Sem o apoio do público hoje talvez tivesse perdido doutra maneira, o público puxou por mim numa altura crucial do encontro para que eu conseguisse continuar a lutar. Foi importante, mas infelizmente não foi o suficiente.” as palavras de Tiago Apolónia.

Texto / fotos: Federação Portuguesa de Ténis de Mesa

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta