Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

José Azevedo “Estou a treinar a 100% com prevenção”

Para além dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, também os Jogos Paralímpicos sofreram o mesmo adiamento. Os atletas portugueses José Azevedo, Carina Paim, João Correia, Carolina Duarte e Miguel Monteiro viram um sonho e objectivo adiado.

Mais, o surto de coronavirus que afetou não só Portugal, como todo o Mundo, também trouxe cancelamentos e adiamentos de outras competições internacionais a uma franja de atletas que já tinham conseguido a sua quota de qualificação para esses mesmos Jogos Paralímpicos.

Agora existe uma espera até 2021, sem também se perceber se ainda haverá época e alguma competição para eles em 2020. Contudo, os atletas não perderam a esperança e têm conseguido encontrar ânimo e capacidade de treino.

José Azevedo, campeão europeu de corta-mato e pista coberta, natural de Pedome, começou a sua carreira aos 18 anos, bastante mais tarde para o que é normal num atleta campeão. Tudo começou numa brincadeira, na mítica Famalicão – Joane.

José Azevedo “Tudo começou numa brincadeira”

Como começas-te e quando no atletismo?

Eu joguei futebol até aos meus 17 anos e fui obrigado abandonar por causa de uma lesão no joelho, aos 18 anos comecei a correr para manter em forma e emagrecer porque já pesava 83 quilos e foi a parti daí comecei a fazer algumas provas, a primeira foi Famalicão – joane e nunca mais parei, mas nunca pensei chegar a este nível na minha curta carreira.

Como reagiste a noticia do adiamento dos Jogos Paralimpicos derivado ao Covid-19?

Na minha opinião acho que foi a decisão mais correta porque acima de tudo temos de ver a saúde dos atletas, etc. Embora sinto-me triste porque foram 4 anos de trabalho e temos de trabalhar mais um ano.

Como fazes os teus treinos? Treinas em casa?

Eu estou a treinar a 100%. Estou a treinar de manhã cedo para evitar com outras pessoas que andam na rua. Não tenho massagens ou tratamentos como tinha antes da pandemia. Faço eu em casa.

Expetativas para o futuro ? E como achas que vai ser o mundo do atletismo depois do Covid-19?

No futuro o atletismo vai ser muito complicado porque não pode haver muita gente junta ‘as competições e provas de rua. Mas não podemos dizer sobre as previsões de amanhã, pois isto é muito incerto.
Só com a vacina isto volta ao normal, esperemos que venha rápido para todas as pessoas fazerem o seu atletismo e não só.

José Azevedo

José Azevedo qual é o teu maior sonho ?

Desde de miúdo vejo os jogos olímpicos mas nunca pensei um dia estar a treinar para os jogos Paralimpicos. Mas estou a trabalhar a 200% para estar nos jogos de Tóquio em 2021 e lutar por uma medalha.

Resumo de Palmares

Nome: José Azevedo
Modalidade: Atletismo
Local/Data de Nascimento: Pedome – Vila Nova de Famalicão
Clube: Boavista Futebol Clube
Treinador: João Campos
Recordes Pessoais:
1500m-3.58min
10km-31.54min
Recordista Nacional dos 3000 metros na pista coberta-8.26min

Página do José Azevedo.

Visualize também as entrevistas de:

João Correia: «Treino em casa não é novidade» 

Carina Paim «Estava bem e motivada»

Texto: Tiago Lopes
Fotos: Cedidas pelo José Azevedo

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta