KALLE ROVANPERÄ REGRESSOU AO MUNDIAL PARA DOMINAR NA SUÉCIA

Kalle Rovanperä

Kalle Rovanperä - Foto: Facebook do piloto

De regresso às lides do WRC, o piloto finlandês Kalle Rovanperä, campeão do mundo em título foi o mais lesto na curta especial de abertura do Rali da Suécia, segunda prova da temporada.

Site oficial

Toyota domina, Kalle Rovanperä lidera o Rali da Suécia

De volta ao volante do seu Toyota GR Yaris Rally1 pela primeira vez nesta temporada, o campeão mundial Kalle Rovanperä não perdeu tempo para fazer jus ao título.

O bicampeão em título, o jovem de 23 anos, Kalle Rovanperä, que este ano só irá disputar parte do Mundial, foi o mais rápido durante a curta especial noturna de 5,16 km.

É sempre bom quando somos os mais rápidos. Foi um bom começo.

Esta [especial] é sempre complicada por causa do gelo, que a torna escorregadia”, explicou o campeão mundial de 2022 e 2023, Kalle Rovanperä.

Acrescentando “Dia inteiro de ação de rali a chegar.

Esperando que a posição inicial posterior nos beneficie como já a temos, mas acho que vamos descobrir em breve!

Kalle Rovanperä
Kalle Rovanperä – Foto: Facebook do piloto

“Um bom começo o 2º lugar geral”

Deixou o companheiro de equipa Takamoto Katsuta a 1,4 segundos, enquanto Elfyn Evans (2 segundos exatos mais lento do que Kalle) garantiu que um trio de Toyotas ocupasse todas as posições do pódio.

Foi um bom começo termos completado o SS1 do Rally Sweden em 2º lugar geral!

Ainda temos um longo caminho a percorrer, por isso continuaremos a dar o nosso melhor👊
SS1 2º lugar com 1,4 milhão!

Foi um bom começo no início do Rally Sweden.

A partir de amanhã eu vou melhorar ainda mais 👊” escreveu Takamoto Katsuta na sua página

Takamoto Katsuta – Foto: Facebook do piloto

A apenas uma décima de Evans está Ott Tanak, melhor representante da Hyundai neste arranque da prova sueca. Empatado com o estoniano, Adrien Formaux é o melhor piloto da Ford.

O estónio Ott Tänak (Hyundai i20) foi o quarto classificado, seguido do francês Adrien Fourmaux (Ford Puma), quinto, e do líder do campeonato, o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), que foi sexto.

Hoje sexta-feira, disputam-se mais sete especiais, com um total de 108,78 quilómetros cronometrados.

Parceiros

Deixe um comentário