LEONOR E JOÃO CONQUISTAM OURO PARA O KARATÉ NACIONAL

Leonor Gonçalves - Foto: DR

Um fim-de-semana notável para o karaté nacional que conquista mais duas medalhas de ouro no início do ano, através de Leonor Gonçalves e de João Vieira.

Recorde-se que em 2023 o karaté nacional já soma 4 medalhas de ouro e uma medalha de bronze em duas competições internacionais – primeiro em chipre e agora no Dubai.

Fonte: Articland 

Leonor Gonçalves faz história no kumite feminino

A atleta Leonor Gonçalves do SC Braga conquistou este domingo a medalha de ouro na Karate 1 Youth League de Fujairah, nos Emirados Árabes Unidos, prova do circuito mundial jovem da World Karate Federation.

A atleta lusa marcou 12 pontos contra apenas 2 sofridos, venceu as adversárias da Roménia 4-0, Jordânia 3-0, Irão 3-2 e na final Azerbeijão por 2-0, subindo ao lugar mais alto do pódio em Kumite U14 -52kg.

O treinador Joaquim Gonçalves e Leonor Gonçalves – Foto: DR

É a primeira medalha de ouro que Portugal conquista no kumite feminino, em provas da Karate 1 Youth League.

Leonor Gonçalves é a primeira karateca portuguesa a conseguir a medalha de ouro na categoria de Kumite, nesta competição.

João Vieira conquista o ouro

Também o karateca João Vieira trouxe para casa uma medalha de ouro no Karate 1 Youth League de Fujairah, nos Emirados Árabes Unidos, prova do circuito mundial jovem da World Karate Federation.

João Vieira no pódio – Foto: DR

O jovem portuense conquistou o primeiro lugar no kata júnior.

Recorde-se que João Vieira, de 15 anos, nascido no Porto, começou a praticar Karaté com apenas 3 anos de idade.

A paixão pelo Karaté nasceu no seio familiar, mas desde cedo que demonstrou um interesse e uma qualidade acima da média.

Aos 15 anos já conta com mais de 150 medalhas, conquistas que adquiriu durante o seu percurso enquanto karateca individual.

Atualmente assume a posição de Campeão da Europa Kata 2022 e ocupa o 2º lugar no Ranking Mundial.

João Vieira – Foto: DR

Em 2022 já conquistou duas medalhas de Ouro – a primeira em Praga no Campeonato da Europa Absoluto e em Itália no Campeonato do Mundo de Goju-Ruy.

Em 2023 já conquistou a sua primeira medalha de ouro, mas João pretende continuar a trabalhar para subir mais vezes ao pódio.

Parceiros

Deixe um comentário