Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Leque de atletas de alta qualidade na Meia do Porto

A Meia Maratona do Porto com um leque de atletas de alta qualidade, vai para a estrada na manhã de 22 de setembro. Pelas 9:00, o tiro de partida para uma das mais bonitas provas do país vai ser dado na Av. Paiva Couceiro (por baixo da Ponte do Freixo). O evento conta com duas vertentes, uma corrida com distância de 21,097 km e uma caminhada, a Mini Maratona Santander, com 6 km.

Leque de atletas de alta qualidade

Pela Hyundai Meia Maratona do Porto têm passado grandes figuras mundiais do atletismo e este ano podemos já adiantar que na vertente competitiva da prova, a nível nacional, podemos contar com um leque de atletas de grande qualidade.

Ercília Machado, Susana Godinho, Sporting CP, primeira portuguesa a chegar à meta o ano passado, na 7ª posição, Marisa Barros, Mónica Silva e Jéssica Pontes, do SC Braga, são a cabeças de cartaz portuguesas que integram o leque de atletas de alta qualidade e competirão pelos primeiros lugares femininos.

A vertente masculina da prova também alcança o mesmo nível de excelência, com a presença de Rui Pedro Silva, do Sporting CP, José Moreira, do Sporting CP, Daniel Pinheiro, do CD S. Salvador do Campo, José Sousa, vencedor do Campeonato Nacional de Maratona, no Porto, em 2018, e Hélder Santos, do Sporting CP.

Para fazer frente a esta elite nacional, marcarão presença um leque de atletas estrangeiros que impulsionarão a quebra de recordes nesta distância. Estes nomes serão revelados em Conferência de Imprensa que irá ocorrer na próxima quarta-feira, dia 18 de setembro, às 15:00, na Caetano Energy (Porto).

 

Meia Maratona em cadeira de rodas

O movimento “Egoísmo Positivo” associou-se pela primeira vez a um evento em Portugal à edição do ano passado da Meia Maratona do Porto, dando a possibilidade a pessoas com deficiência de poderem participar na corrida. Em 2018, a equipa contou com a participação de 115 atletas.

Este ano, vai novamente percorrer a distância da Meia Maratona com um grupo que é composto por participantes em cadeiras de rodas e acompanhantes que irão conduzir estes atletas.

Doação de equipamento desportivo

Para além de alertar para as necessidades de inclusão, a Meia Maratona do Porto também conta com a iniciativa da Hyundai: #HyundaiDáTudo Por Quem Precisa. Esta iniciativa convida os atletas e espectadores a doar equipamento de corrida. As doações recebidas serão destinadas à IPSS ENTRAJUDA, que as distribuirá por instituições de solidariedade social locais.

Texto / Fotos: Runporto

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta