Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq

LYNX RACE, os LINCES tomam conta do Jamor

As OCRs, corridas de Obstáculos, estiveram em grande destaque no fim de semana passado, ao ser realizada a Lynx Race, no dia 02 de junho, no complexo desportivo do Jamor, e ao ter sido transmitida em direto pela TVI24.

Lynx Race

Lynx Race, foi um desafio exigente para os atletas de elite, mas também uma aventura inesquecível e acessível para quem faz desporto apenas por lazer. Os atletas foram testados e surpreendidos ao longo de duas distâncias (10k e 5k); onde os desafios incluíram correr, saltar, rastejar, puxar e escalar; numa competição caracterizada pela resistência, concentração e resiliência.

Para além destas duas distâncias, a Lynx Race também organizou uma corrida Kids, onde os pequenos linces puderam divertir-se e conquistar obstáculos adaptados à sua idade.

O complexo do Jamor surpreendeu

Num dia onde as temperaturas ultrapassaram os 30ºC, os aventureiros linces percorreram muitos dos trilhos menos conhecidos do Jamor, mas também tiveram o privilégio de passar pelos pontos mais icónicos do local. A passagem pelo Estádio Nacional, incluindo o percurso da tribuna e vários mergulhos no lago fizeram parte de um evento rodeado de natureza, em que o alcatrão não foi além de 5% da prova.

Quanto aos obstáculos, a Lynx Race ofereceu alguns desafios inovadores no nosso país, como paredes de escalada horizontal em instabilidade e um pequeno slide para a água. Monkey bars, combinações de argolas, troncos e pneus em suspensão, foram alguns dos obstáculos que exigiram técnica de membros superiores.

Os linces também encontraram vários tipos de paredes para transpor: verticais, inclinadas em ambas as direções, escalada vertical e horizontal, e uma rampa final com 4,5m de altura mesmo a 30 metros da meta.

Quanto a obstáculos de carga, a prova encarregou-se de fornecer troncos e mais troncos, caixas de cimento e pneus gigantes; e ainda sacos de areia para quem escolhesse realizar a penalização por não completar um dos obstáculos.

 

Corda tirolesa, corda vertical, lança, paintball, arame farpado, redes em altura ou rentes ao chão… Todos parte do conjunto de obstáculos que compuseram esta prova, e que fizeram dela um retumbante sucesso.

Resiliência Bravura, Lealdade

Um atleta Lynx Race tem “Espírito Guerreiro”, “Luta até ao fim” e “Conquista os teus medos”, é resiliente, audaz e compete com lealdade para ultrapassar obstáculos. Um atleta Lynx pode não ser o mais rápido, ou o mais forte, ou até o mais ágil mas é – de corpo e alma -, um guerreiro… nas corridas e na vida.

Equipa Lynx Team (da esquerda para a direita e de cima para baixo): Sergio Ramos, Carolina Silva, Miguel Fernandes, Samuel Castela, Nuno Café, Filipa Castela, Hugo Jorge e Pedro Jerónimo

Filipa e Samuel Castela, duas referências das corridas de obstáculos

Dentro da Lynx Team fomos encontrar 2 atletas já nossos conhecidos e bastante proeminentes no panorama internacional das corridas de obstáculos: Filipa e Samuel Castela. Dois grandes embaixadores desta prova, e que não quiseram deixar de participar nas duas distâncias oferecidas durante este dia.

Filipa e Samuel alcançaram o pódio em ambas as distâncias: dois 2º lugares nos 10k e dois 1º lugares nos 5k. Dois resultados absolutamente extraordinários tendo em conta que uma semana antes Filipa tinha ganho a Ultra Blue Island 65k, prova integrante no Circuito Nacional de UltraTrail; e que Samuel vinha de uma lesão que o deixou afastado das competições durante 5 semanas.

Resultados

10K

1º Gonçalo Prudêncio, 38:21 | Raquel Ferreira, 57:02
2º Samuel Castela, 39:39 | Filipa Castela, 57:25
3º Fernando Gomes, 40:33 | Estela São Martinho, 01:00:45

Pódio 10 km

5k

1º Samuel Castela, 28:57 | Filipa Castela, 41:15
2º Luis Martins, 29:41 | Joana Silva, 59:38
3º Bruno Torres, 31:30 | Adriana Cabecinhas, 01:00:59

Pódio 5km

Texto: Filipa Castela
Fotos: Cedidas pela organização

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta