Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Manuela Machado “madrinha” da internacionalização

A minhota Manuela Machado, campeã mundial da maratona em Gotemburgo’1995; vice-campeã em Estugarda’1993 e Atenas’1997, e bi-campeã europeia da maratona em Helsínquia’1994 e Budapeste’1998, estará presente na Ultra Maratona Atlântica Melides – Tróia, no próximo dia 4 de agosto.

Manuela Machado “madrinha” da maior participação internacional de sempre

A internacional portuguesa, com um palmarés invejável, para além de ser “madrinha” ainda se estreará a correr na praia, denotando enorme alegria em poder associar-se a este evento ímpar em Portugal, numa paisagem que não tem igual na Europa.

A sua primeira presença na prova coincide com a maior participação internacional de sempre, com 35 concorrentes provenientes de 16 países, uma percentagem significativa num total de 450 participantes inscritos.

Entre eles, os três totalistas da competição, Rui Freitas, Jaime Lamego e Sérgio Tomás.

Igualmente, estarão presentes dois dos atletas que subiram ao pódio em 2018, o segundo classificado, Custódio António, que está interessado em triunfar, e o terceiro classificado, João Cruz.

Nas mulheres, destaque para duas das medalhadas em 2018, Chantal Xhervelle, então segunda classificada, e Inês Marques, terceira.

Esta Ultra Maratona Atlântica Melides – Tróia é uma organização da Câmara Municipal de Grândola e vai decorrer no dia 4 agosto de 2019, nas praias do Concelho de Grândola, com uma extensão de 43 km, todos eles percorridos em areia, com início na Praia de Melides (N38 07.756 W8 47.610) e final na Praia do Bico das Lulas, em Tróia (N38 29.141 W8 54.409).

Paulo Guerra o padrinho

Paulo Guerra “padrinho” e participante na Corrida Atlântica

Conjuntamente com a Ultra, a organização realiza uma outra competição de 15 km, entre as praias de Comporta e do Bico das Lulas, que terá a presença de Paulo Guerra, campeão europeu de corta-mato em 1994, 1995, 1999 e 2000 (e 2º em 1996), e medalha de bronze (e melhor europeu) nos Mundiais de corta-mato de 1999, o habitual “padrinho”, que dará ainda conselhos de aquecimento aos participantes, entre os quais estará o vencedor da Ultra no ano passado, Mário Cassaca.

Esta prova, bem acessível aos corredores ainda não preparados para correr uma Ultra com estas características, ganha cada vez mais interesse e animação.

Mais informações (e inscrições, que fecham no dia 26 de julho) na página oficial da prova.

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta