Marisa Costa com Ouro e Davide Machado com Bronze nos Europeus de Orientação

Marisa Costa

Marisa Costa e Artur Mendonça a ombros dos restantes elementos que constituíram a seleção nacional

Decorreu no Arripiado (Chamusca) o 3º dia de competição do MTBO 2021 com a realização da prova de distância Longa, com destaque novamente para Marisa Costa a fazer uma dobradinha e a conquistar mais um título Europeu, mas também em destaque esteve Davide Machado ao alcançar o bronze.

Mais artigos sobre a competição

MTBO 2021 recebe a elite Mundial da Orientação em BTT

Mundial de Masters de Orientação em BTT, Portugal conquista o Ouro

Marisa Costa destaca-se no Europeu de Orientação em BTT

Marisa Campeã Europeia e Artur conquista a prata

Página da competição.

Site oficial da competição.

Instagram da competição.

Texto: Fernando Costa – Henrique Dias/OPraticante.pt

Davide Machado com bronze “Este resultado significa muito!”

Davide Machado

Davide Machado conquistou o Bronze na Elite na prova de distância Longa da Taça do Mundo / Campeonato da Europa.

Depois da medalha de bronze no Mundial em 2016 e Ouro da Taça do Mundo em 2018, Davide Machado volta subir ao pódio na prova rainha dos Campeonatos.

E como competia ao nosso órgão, tivemos o gosto de entrevistar o orientista pelo resultado alcançado, que referiu ao nosso coloborador Henrique Dias:

Contar com este resultado não contava, mas é certo que vim cá para dar o meu melhor e tentar o melhor resultado possível.

Sabia que tinha algumas hipóteses principalmente na distância longa, mas a orientação é a orientação e nem sempre corre como esperado.

Fisicamente senti-me muito bem, mas não foi uma prova limpa, fiz pequenos erros e algumas más opções, mas a vantagem nas longas distâncias é que nos permite recuperar as perdas (quando dá).

Este resultado significa muito! Todos sabemos as desigualdades que temos neste desporto perante as grandes potências internacionais e lutarmos lado a lado será sempre um sacrifício maior!

Eu transformo essa desvantagem em motivação, o que me permite continuar por cá, a tentar consecutivamente melhores resultados ao fim de todos estes anos dedicados à modalidade!

Temos mesmo de gostar disto acima de tudo!

Continuo com um sonho por concretizar e enquanto tiver motivação e prazer em andar de bicicleta e fazer orientação por cá vou continuar, com os sacrifícios que tudo isso acarreta!

Marisa Costa

Marisa Costa é a dupla Campeã da Europeia de juniores

Marisa Costa é a dupla Campeã da Europeia de juniores em Orientação em BTT ao repetir na distância longa a vitória que tinha conseguido ontem na distância Média.

A atleta de Tomar que representa o BTT Loulé/Elvis cumpriu o seu percurso de 18 Km com desnível de 390 metros no tempo de 54:12, deixando a Russa Alena Aksenova segunda classificada a 12 segundos e a Russa Ekaterina Landgrafa a 1:10

Marisa Costa
Marisa Costa

“Não há medalha que pague todo o esforço realizado até aqui.”

Estou muito feliz pelo resultado! Trabalhei muito para o alcançar, tendo sido este o momento mais alto da minha carreira desportiva!

Os meus pais sempre me apoiaram nas minhas decisões desportivas, o que contribui muito para a minha força psicológica, que tanto tem sido trabalhado nos últimos anos!

Independentemente do resultado, sabia que iriam estar sempre muito orgulhosos de mim e isso não tem qualquer preço!

Não há medalha que pague todo o esforço realizado até aqui, mas é sem dúvida muito bom partilhar estas vitórias com esta comitiva incrível!

Um agradecimento mesmo muito especial ao meu treinador, João Ferreira, por ser quem é e apostar e acreditar em mim como nunca pensei que alguém o fizesse! É um apoio incondicional na minha vida!

E também um agradecimento especial ao presidente da federação, Hélder faísca, pelo senhor que é e por tudo aquilo que representa para mim.

Marisa Costa
Hélder Faísca, Marisa Costa e atrás Laura Simão

Nos escalões de Elite as vitórias foram para a Suécia em masculinos e Dinamarca em femininos com as melhores classificações dos Portugueses além de davide Machado a serem de Ana Filipa Silva em 23º Lugar e João Ferreira na 33ª posição.

W20
1ª Marisa Costa – POR – 54:12
2ª Alena Aksenova – RUS – 54:24
3ª Ekaterina Landgrafa – RUS – 55:22

M20
1º Mikkel Noergaard – NOR – 73:06
2º Bartosz Niebielski – POL – 73:32
3º Felix Silver – SWE – 76:04

16º Joaquim Francisco – POR – 87:03
22º Pedro Peralta – POR – 89:33
29º Diogo Horta – POR – 131:54

W17
1ª Gertrud Madsen – DEN – 50:17
2ª Daria Toporova – RUS – 51:53
3ª Iris Pecorari – ITA – 56:27

21ªLaura Simão – POR – 82:48
25ªLara Batista – POR – 87:33
27ª Iris Fonseca – POR – 90:27
28ª Bia Correia – POR – 118:51

M17
1º Adam Cernik – CZE- 57:06
2º Tatu Aaltonen – FIN – 57:39
3º Augustine Lecler – FRA – 58:39

24º Fábio Gonçalves – POR – 70:24
32º Artur Mendonça – POR – 75:11
37º Ricardo Francisco – POR – 80:46
40 Rodrigo Arsénio – POR – 84:19
42 Miguel Sousa – POR – 88:41
43 André Abreu – POR – 94:17

M21 Elite
1º Marcos Janssen – SWE – 95:43
2º Anton Foliforov – RUS – 96:25
3º Davide Machado – POR – 96:24

33º João Ferreira – POR – 109:50
43º Guilherme Marques – POR – 118:07
46º Luís Barreiro – POR – 124:31
47º João Pastagem – POR – 126:24

W21 Elite
1ª Camila Soegaard – DEN – 91:02
2ª Verónica Kubinova – CZE – 93:03
3ª Nikoline Splittorff – DEN – 94:15

26ª Ana Filipa Silva – POR – 116:47

Parceiros

Deixe uma resposta