Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Meia Maratona do Porto celebra a sua 13ª edição

A Meia Maratona do Porto vai para a estrada a 22 de setembro, pelas 9h00, e celebra a sua 13ª edição.

Treinos gratuitos para todos

A Runporto, em parceria com a Hyundai, está a organizar cinco treinos e convida todos os atletas a participarem. O primeiro treino decorreu a 21 de julho, nas margens do rio Douro do lado de Vila Nova de Gaia, com a concentração de atletas marcada para a Douro Marina e contou com cerca de 200 participantes.

No mesmo local, decorreu também o segundo treino, e, a 4 de agosto, já a norte do rio, junto ao Forte São Francisco Xavier (Castelo do Queijo), no Porto, decorreu o último treino do mês de agosto.

Programação dos próximos treinos:

4º treino: 8 de setembro, às 9h30 – Jardim do Cálem;

5º treino: 15 de setembro, às 9h30 – Jardim do Cálem.

Os treinos têm a duração de 1 hora e os atletas são divididos em 4 grupos, consoante os seguintes ritmos de treino: 4.30min/km, 5min/km, 5.30min/km e 6min/km. Os treinos são gratuitos e acompanhados por profissionais de exercício físico.

Meia Maratona é Bronze Label pela IAAF

A International Association of Athletics Federations (IAAF) atribuiu o grau Bronze Label Road Race à Hyundai Meia Maratona do Porto.

A 13ª edição da Meia Maratona do Porto pertence agora ao calendário oficial da IAAF, uma distinção que a coloca como uma das melhores provas no circuito mundial das meias maratonas. Do ponto de vista técnico, a Hyundai Meia Maratona do Porto está em conformidade com elevados padrões de qualidade e está à altura das exigências da sua qualificação.

Evento certificado com Sê-Lo Verde

A Meia Maratona do Porto pretende ser um evento mais verde e, para isso, vai aplicar uma série de medidas amigas do ambiente que lhe valeram a atribuição do Sê-Lo Verde por parte do Ministério do Ambiente e da Transição Energética.

O Programa Sê-lo Verde tem em vista “incentivar a adoção de boas-práticas ambientais, inovadoras e com impacte ambiental, social e económico nos grandes eventos” para que os eventos de massas possam evoluir no seu perfil de sustentabilidade/pegada ecológica.

Texto / Fotos: Runporto

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta