MIGUEL OLIVEIRA FOI NONO NA CORRIDA SPRINT

Miguel Oliveira

Foto: Facebook de Miguel Oliveira

O piloto português Miguel Oliveira (Aprilia) terminou hoje na nona posição a corrida sprint do Grande Prémio de Espanha de MotoGP, quarta ronda da temporada, que foi conquistada pelo espanhol Jorge Martin (Ducati).

Leia também

PNEU MACIO PROVOCOU QUEDA DE OLIVEIRA

Fonte: Lusa

“Temos analisar bem como ser mais rápidos para amanhã”

O piloto luso Miguel Oliveira, que largou da 14.ª posição da grelha, terminou a 18,418 segundos de Jorge Martin, que gastou 19.52,682 minutos para cumprir as 12 voltas previstas.

Pedro Acosta (GasGas) terminou na segunda posição, a 2,970, com o francês Fabio Quartararo (Yamaha) em terceiro, a 7,052, depois de ter largado da 23.ª posição da grelha.

O espanhol Dani Pedrosa (KTM), piloto de testes da equipa austríaca que participa nesta quarta ronda da temporada como convidado, terminou na quarta posição, a 7,102 segundos do vencedor.

Miguel Oliveira fez um mau arranque e baixou à 19.ª posição, mas já era o 15.º na terceira volta, altura em que o italiano Francesco Bagnaia (Ducati), campeão em título, caiu, depois de se ver apertado pelo sul-africano Brad Binder (KTM) e o italiano Marco Bezzecchi (Ducati).

Foi também nessa volta que Jorge Martin chegou à liderança, depois de ter ultrapassado o espanhol Marc Márquez (Ducati), que largara da ‘pole position’.

O antigo campeão do mundo voltaria ao primeiro lugar na sétima volta, mas caiu sozinho, sem consequências físicas.

A partir daí, Jorge Martin assumiu definitivamente o comando e não voltou a ser incomodado na frente da corrida.

Mas, lá atrás, não faltou animação e quedas. Ao todo, nove pilotos abandonaram a prova depois de irem ao chão, sem consequências físicas.

Foto: Facebook de Miguel Oliveira

Miguel Oliveira ultrapassado na última volta por dois pilotos

Miguel Oliveira chegou a estar na sétima posição, mas, na última volta, viu-se ultrapassado por Marc Márquez e pelo espanhol Augusto Fernandez (GasGas), cortando a meta na nona posição final.

Uma sprint caótica terminada com 1 ponto. Temos analisar bem como ser mais rápidos para amanhã. 💪🏼🇵🇹” expressou Miguel Oliveira na sua página.

Com estes resultados, Jorge Martin alargou a vantagem na frente do campeonato, agora com 92 pontos, na frente do estreante Pedro Acosta, que tem 63, depois de subir ao pódio pela primeira vez numa corrida sprint.

O piloto português Miguel Oliveira somou um ponto e tem agora 14, apanhando Alex Márquez (Ducati) no 13.º lugar.

A corrida principal disputa-se domingo.

Parceiros

Deixe um comentário