5 MINUTOS COM CONSTANÇA PELICANO

Constança Pelicano

Constança Pelicano - Foto: CRibeiro

No Dia Internacional da Mulher, escolhemos uma mulher, Constança Pelicano de seu nome, de 21 anos de idade, que representa o C.F. Os Marialvas.

Leia também

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Fonte: Henrique Dias // OPraticante.pt

Dois anos de sucesso para Constança Pelicano

Constança Pelicano começou por dizer à equipa de reportagem de OPraticante.pt que sempre foi uma pessoa muito ligada ao desporto “Desde pequenina que comecei na natação, no ballet e mais tarde, como primeiro desporto federado, entrei no triatlo.

Mais tarde, fui para a dança e agora estou nesta modalidade, trail, há 2 anos.

Apesar de só há dois anos praticar trail, já conquistou os títulos de:

Época 2020/21
Campeã júnior Skyrunning

Época 2021/22
Campeã Nacional Trail Sprint sub23
Campeã Distrital Trail Sprint sub23

Que o trail entrou na sua vida por “Este desporto entrou na minha vida muito por influência dos meus pais.

Quando me convidaram para ir correr com eles para os trilhos nem hesitei. Desde então, não parei.

Este amor pelo trail cresceu como crescem todos os outros: com a experiência, as amizades que se criam, a dedicação e, sobretudo, pelo desafio constante inerente à modalidade.

Constança Pelicano
Constança Pelicano

“fui para uma prova e reparo que não tenho as minhas sapatilhas”

É difícil não ter momentos engraçados quando se está neste núcleo de amizade e quando se gosta do que faz.

O acontecimento que rapidamente me vem à cabeça é que : fui para uma prova e quando me estava acabar de preparar para ir para a linha de partida reparo que não tenho as minhas sapatilhas (!!) felizmente, a minha mãe emprestou-me as dela!” referiu como um momento engraçado na sua carreira desportiva.

Acrescentando “Dos momentos mais felizes é ter todas as pessoas que mais gosto no fim a aplaudir, independentemente do resultado, o que acabei de realizar.

Sobre o apoio familiar / desportivo e sacrifícios que tem feito para obter os resultados que conquistou comentou “Sem dúvida que o apoio familiar é fundamental para me manter motivada e para me ajudar a alcançar todos os meus objetivos.

São eles que me apoiam em todas as minhas decisões e que me dão força para as concretizar.

Não diria sacrifícios, mas claro que existem alguns cuidados a ter quando queremos levar a prática um bocadinho mais a sério.

Por vezes, há convites que ficam de lado pelo compromisso que existe com Trail.

Constança Pelicano – Foto: FotosdoPio.pt

“Será sempre uma luta constante”

E terminou falando sobre o Dia Internacional da Mulher “O dia da Mulher é apenas um lembrete de que ainda existe desigualdade de género, em vários contextos, inclusive no contexto desportivo.

Será sempre uma luta constante para que todos tenhamos acesso às mesmas oportunidades, independentemente do género.

Este dia veio contribuir para que se fale sem medos e sem restrições da desigualdade de género.

Parceiros

Deixe um comentário