Nacionais de Sub-20

Estão a decorrer este fim de semana (19 e 20 de junho), no Estádio Municipal Manuela Machado, os Campeonatos Nacionais de Sub-20, nesta que é a estreia de Viana do Castelo a acolher esta competição, que se realiza desde 1930.

Texto: Federação Portuguesa de Atletismo
Fotos: Marcelino Almeida / FPA

Regresso do público nos Nacionais de Sub-20

Nesta jornada de abertura, que marca também o regresso do público ao atletismo português.

Coletivamente terminaram em primeiro lugar o Sporting Clube de Portugal (SCP) em masculinos, com 100 pontos, e o Juventude Vidigalense em femininos, com 112 pontos.

Uma competição na qual se bateram recordes pessoais, com os olhos postos em Tallin, na Estónia, e em Nairobi, no Quénia.

Destaque para Eduardo Pestana, da Associação Jardim da Serra (AJS), que conquistou o título de campeão nacional de 3000 metros obstáculos sub-20, com o tempo de 9m14,61s, marca de qualificação para os Campeonatos da Europa de Atletismo Sub-20, que se realizam de 11 a 18 de julho, em Tallin, na Estónia.

O atleta madeirense fez uma prova solitária, vencendo destacado, mas em contrarrelógio para o grande objetivo de conquistar a marca de qualificação, que conseguiu por centésimos.

A luta pelos restantes lugares no pódio foi entre Gonçalo Amorim (ACDAV), André Antunes (ACDRSQ) e Leandro Monteiro (GDC), tendo os primeiros dois levado a melhor, com as marcas, respetivamente, de 9m33,94s e 9m34,64s.

Nacionais de Sub-20

Do lado feminino, a luta pelo título dos 3000 metros obstáculos entre Joana Bagagem, da ACB-L, e Beatriz Mendes, do SCP, terminou a duas voltas do fim, com a primeira a descolar-se da segunda, para terminar em 11m22,63s, recorde pessoal.

Atrás da atleta do SCP, que terminou em segundo lugar, com o tempo de 11m53,46s, classificou-se Marta Ferreira, do GAF, com a marca de 12m09,52s.

400 metros e de 5000 metros

Destaque ainda para os campeões nacionais de 400 metros e de 5000 metros, masculinos e femininos, respetivamente Duarte Fernandes, do SCP, Sofia Lavreshina, da Juventude Vidigalense (JV), Pedro Amaro, do Atlético Clube da Póvoa de Varzim (ACPV), e Raquel Sampaio, da União Desportiva da Várzea (UDV), que bateram os seus recordes pessoais nas respetivas distâncias.

Duarte Fernandes sagrou-se, assim, campeão nacional sub-20 nos 400 metros, com o tempo de 49,18s.

Também o vice-campeão, Guilherme Faias, da Associação de Atletismo de Charneca da Caparica, superou a sua melhor marca, percorrendo a distância em 49,51s. Em terceiro lugar classificou-se José Ferreira, do SLB, com a marca de 49,64s.

Nacionais de Sub-20

Do lado feminino, Sofia Lavreshina venceu com 55,63s, ficando a oito centésimos da marca de qualificação, nesta distância, para os Campeonatos da Europa de Sub-20; mas sendo já detentora dessa marca nos 400 metros barreiras, tanto para os europeus como para os Campeonatos do Mundo de Sub-20, que têm lugar em Nairobi, no Quénia, de 17 a 22 de agosto.

Em segundo e terceiro lugares classificaram-se, respetivamente, Cristina Ferreira, do Grupo Desportivo do Estreito (GDE), com o tempo de 57,82s, e Sofia Rosado, do JDAL, com o tempo de 58,60s.

Pedro Amaro tem agora como recorde pessoal o tempo de 14m39,64s nos 5000 metros, prova na qual Rúben Pires, da UDV, conquistou o título de vice-campeão, com a marca de 14m42,40s.

André Regúfe, da ACPV, fechou o pódio, com o tempo de 14m47,36s. Do lado feminino, Raquel Sampaio tem agora o novo recorde de 18m43,54s na distância, enquanto a vice-campeã, Filipa Diamantino, da ACDSJS, terminou com a marca de 19m28,21s.

1.500 metros

Nos 1500 metros sagraram-se campeões nacionais de sub-20 Jacinto Gaspar, do SCP, e Camila Gomes, do SLB, respetivamente, com os tempos de 3m59,15s e de 4m34,71s.

Do lado masculino, os segundo e terceiro lugares do pódio foram ocupados por Francisco Silva (4m00,18s), do EAROS, e Alexandre Lucas (4m01,44s), do CPTSC.

Já do lado feminino, subiram aos segundo e terceiro lugares do pódio, Rita Figueiredo (4m35,62s), do SCP, e Beatriz Pereira (4m36,04s), do MAC.

Com a marca de 10,90s, Sisínio Ambriz, do SLB, venceu os 100 metros masculinos, com João Calhau (10,96s), da JV, e Xavier Outeiro (11,01s), da Escola do Movimento, a fecharem o pódio, este último, depois do salto em comprimento, a carimbar o seu segundo terceiro lugar nesta competição.

Do lado feminino, venceu Leonor Ferreira, do SLB, com a marca de 12,01s, à frente da sua colega de equipa Íris Silva, com a marca de 12,20s e de Thais Beranger, do CFOD, que haveria de vir a vencer, esta última, mais à frente, o salto em altura.

Marcha feminina com passaporte para Talin e Nairóbi

Pedro Dias, do Clube Oriental de Pechão (COP) sagrou-se campeão nacional de 10 000 metros marcha sub-20, com o tempo de 44m18,60s, confirmando a marca de qualificação para os europeus de juniores.

Em segundo e terceiro lugares classificaram-se Tiago Ramos, do Catunes, com o tempo de 44m45,84s, igualmente a confirmar a marca de qualificação para os europeus de juniores.

Em terceiro lugar classificou-se Guilherme Rodrigues, do SCP, com o tempo de 46m50,57s.

Do lado feminino, num pódio constituído por atletas que foram recentemente campeãs da Europa por equipas, sagrou-se campeã Adriana Vieiros, da ADRAP, que, com o tempo de 48m35,82s, confirmou as marcas de qualificação tanto para os europeus como para os mundiais de juniores.

A vice-campeã, Bruna Marques, da Juventude Vidigalense, terminou com o tempo de 48m42,42s, confirmando igualmente a marca de qualificação para ambas as competições.

A terceira classificada, Inês Mendes, do Clube de Natação de Rio Maior, com o tempo de 49m03,80s, recorde pessoal, conquistou a marca de qualificação para os mundiais.

Márcia Maketa destaca-se nos lançamentos

No lançamento do disco, Eva Gonçalves, do NAC, sagrou-se campeã nacional sub-20, com a marca de 42,90 metros; em segundo e terceiro lugares classificaram-se as atletas da Juventude Vidigalense, respetivamente, Márcia Maketa, que venceu, depois o martelo, com a marca de 48,70 metros, e Raquel Gomes, com as marcas de 41,37 metros e 39,47 metros.

Já no lançamento do peso, André Carvalho, do SCP, venceu com a marca de 16 metros, alcançada no último ensaio.

Em segundo e terceiro lugares classificaram-se, respetivamente, Luís Silva, da AJS, com a marca de 14,48 metros, e Marcelo Reis, do SCP, com 14,42 metros.

Do lado feminino, conquistou o título de campeã nacional Marta Araújo, atleta do CAOV, com a marca de 5,63 metros.

Em segundo lugar classificou-se Ana Oliveira, do SLB, com a marca de 6,61 metros e, na terceira posição terminou Lurdes Oliveira, do GRE-AA, com a marca de 5,56 metros.

Os saltos dos Nacionais de Sub-20

No salto em comprimento, em masculinos, sagrou-se campeão nacional Simão Alexandre, da AEAC, com a marca de 7,17 metros. Eduardo Oliveira, da JV, com a marca de 6,88 metros, e Xavier Outeiro, da Escola do Movimento, com a marca de 6,87 metros, fecharam o pódio.

No salto com vara, sagrou-se campeão Diogo Meneses, da JV, com a marca de 4,30 metros. Pedro Fernandes, do CMAG, e Diogo Martins, do AJS, com 4,20 metros, classificaram-se, respetivamente na segunda e terceira posições.

Thais Beranger, do CFOD, foi a grande vencedora do salto em altura, com a marca de 1,70 metros. Na segunda e terceira posições classificaram-se Margarida Mota, da UFCT, e Gabriela Gorenco, do SLB, ambas com a marca de 1,70 metros.

No dardo, sagrou-se campeão nacional Mário Pereira, do SLB, com a marca de 64,65 metros, que se revelou mais forte do que o seu companheiro de equipa, Dinis Rainha, que lançou o engenho a 58,01 metros, classificando-se na segunda posição. Fechou o pódio Valdemar Dantas, da ADCL, com a marca de 49,67 metros.

A entrar na reta final desta primeira jornada realizaram-se as provas de estafeta 4×100 metros, com a Juventude Vidigalense a sagrar-se campeã nacional de sub-20 em masculinos.

Em segundo lugar classificou-se a equipa de Os Belenenses e, em terceiro lugar, terminou o SLB. Do lado feminino, a vitória sorriu à estafeta do SLB, seguida pela equipa da Juventude Vidigalense.

Os resultados completos dos Campeonatos Nacionais de Sub-20.

Parceiros

Deixe uma resposta