Nacional de Fundo, canoístas à procura de títulos

Nacional de Fundo

Fernando Pimenta

O Campeonato Nacional de Fundo reúne mais de oito centenas de canoístas em representação de quatro dezenas e meia de clubes, no Centro de Alto Rendimento (CAR).

Uma competição em que a entidade federativa, a exemplo de provas anteriores, vai cumprir uma rigorosa lista de medidas para fazer face às obrigações impostas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Montemor-o-Velho recebe, no próximo fim de semana, mais uma prova do calendário competitivo da Federação Portuguesa de Canoagem.

Uma competição que em 2020, sofreu profundas alterações devido à pandemia de Covid-19.

Mais de oito centenas de canoístas à procura de títulos no Campeonato Nacional de Fundo

Durante dois dias, o Campeonato Nacional de Fundo prevê a entrega de 29 títulos nacionais (19 no sábado e 10 no domingo).

No sábado, a competição arranca às 10h30, com a Paracanoagem KL1 e termina às 16h30, com o K1 Sénior, prova em que o olímpico Fernando Pimenta vai procurar conquistar o 12.º título consecutivo de campeão nacional de fundo.

Nacional de Fundo
Fernando Pimenta

Na prova com 5.000 metros de percurso, correspondentes a duas voltas e meia à pista, também vai participar o olímpico Emanuel Silva.

Dois canoístas que, em Londres 2012, formaram o K2 1.000 metros e conquistaram a medalha de prata para Portugal nos Jogos Olímpicos.

No domingo, o início da competição tem lugar às 11h00, com a prova de C1 Cadete Feminino, terminando, às 16h00, com a competição de K1 Cadete.

De referir que, no sábado, além da Paracanoagem, também têm lugar as provas de C1 e de K1 referentes aos escalões de Veteranos, Seniores e Juniores.

Para domingo, o Nacional de Fundo inclui a realização das provas de K1 e C1 de Cadetes, Infantis e Iniciados.

Com organização da Federação Portuguesa de Canoagem, o Campeonato Nacional de Fundo 2020 conta com canoístas dos seguintes clubes:

Clube Fluvial Vilacondense,
Centro Treino Mar,
Clube Náutico de Crestuma,
Sporting Clube de Aveiro,
Clube Náutico de Prado,
Vila do Conde Kayak Clube,
Clube Fluvial Odemirense,
Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses,
Clube de Canoagem de Setúbal,
Alhandra Sporting Club,
Clube Náutico Barquinhense,
Grupo Desportivo e Cultural da Nabância,
Clube Naval de Portimão,
Centro de Recreio Popular de Arnelas,
Clube Náutico de Fão,
Grupo Desportivo de Alcoutim,
Clube Fluvial de Coimbra.

A lista de emblemas participantes integra, também:

Centro Náutico de Ribadouro,
Clube Náutico de Milfontes,
Associação Recreativa e Cultural de Óis da Ribeira,
Clube Náutico de Ponte de Lima,
Associação Rio Neiva – Defesa do Ambiente,
Clube Náutico de Angra do Heroísmo,
Associação Cultural e Recreativa Saavedra Guedes,
Associação Naval Amorense,
Darque Kayak Clube,
Clube Naval de Sesimbra,
Liga-Dura – Cultura, Espectáculo e Conhecimento,
Clube do Mar Costa do Sol
Clube de Canoagem de Amora.

Associação Náutica da Torreira,
Clube Náutico de Marecos,
Kayak Clube Castores do Arade,
Gaia Kayak Clube,
Clube de Canoagem de Ovar,
Clube Infante de Montemor,
Instituto para o Desenvolvimento e Estudos de Cacia,
Sport Lisboa e Benfica,
Douro Canoa Clube,
Sporting Clube de Portugal,
Casa do Benfica de Montemor-o-Velho,
Clube Náutico do Litoral Alentejano,
Viana Garças Clube
Clube Náutico do Mondego

Uma vez mais,o Nacional de 2020 é disputado à porta fechada, sendo apenas permitida a entrada de agentes da canoagem no CAR de Montemor-o-Velho.

A Federação Portuguesa de Canoagem disponibiliza, nos dois dias, a transmissão de todas as finais em streaming na FPCanoagemTV.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto / fotos: Federação Portuguesa de Canoagem

Parceiros

Deixe uma resposta