Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Nuno Rocha, UTMB o inicio de toda uma vida

E prosseguimos as entrevistas com os participantes do One Hundred Douro FKT, Nuno Rocha será um dos participantes que irá correr a 12 de Setembro.

Nuno Rocha iniciou-se no desporto de competição no ano de 1996 no ciclismo, na vertente BTT.

Alguns anos depois deixou a modalidade e como sempre tinha praticado atletismo e duatlos nas pré-épocas do ciclismo e como a sua mulher já corria, gradualmente foi-se juntando a ela.

Assim, a partir de 2009/2010 começou a fazer algumas provas de estrada curtas.

Nuno Rocha

Nuno Rocha, quando tudo começou …

Em 2014 integro um projeto único com o objetivo de fazer o Ultra Trail Mont Blanc, 170 Kms, e assim a partir desse ano início as minhas aventuras nas longas distâncias.

Não existe “a prova” que me tenha dado mais satisfação, é quase impossível para mim escolher pois todas têm um significado especial.

Mas de facto, o UTMB 2015 deixou-me realizado e também o High-Trail-Vanoise, este por ter feito em conjunto com a minha mulher, o que foi simplesmente inesquecível.

Nuno Rocha

Que te levou a desafiar esta distância?

A distância para mim não é novidade e o desafio do OneHundred é irrecusável.

O prémio é único em Portugal e até no Mundo, mas garanto-vos que não é isso que me move (o prémio poderá ser uma consequência).

O que me move são as pessoas que estão envolvidas neste projeto ímpar que vai mudar o paradigma do Ultrail Mundial.

Diria até que muitos não têm ainda a real noção da dimensão deste projeto.

As pessoas que estão envolvidas são muito, mas mesmo muito especiais para mim.

O Tiago Almeida e o Tiago Aragão, são amigos pelos quais tenho um enorme carinho pela ajuda e pelo caminho que temos feito em conjunto.

O João Andrade não conheço pessoalmente, mas sei que é um empreendor, ambicioso, focado e atleta.

A ele e a toda a sua equipa One Hundred, acho que devemos ajudar a divulgar o mais possível aquilo que eles ambicionam.

Uma mais valia para todos nós atletas

Se eles forem, e tenho a certeza que vão ser bem sucedidos, isso trará uma mais valia para todos nós atletas.

Mas principalmente para uma modalidade que tem tido um enorme crescimento mundial.

Atualmente o que se verifica é mais cada um para seu lado.

Pelo que penso que criando um circuito mundial organizado, certificado, com regras, com ranking, tal como já existe no surf, no ironman ou no MotoGP será de certeza bem sucedido e muito melhor para quem participa.

O que me leva a participar juntamente com a minha equipa é poder dizer que fui um dos pioneiros neste projeto.

Assim ajudar também a divulgar aquilo em que acredito fazendo as 100 milhas.

Uma distância na qual adoro propor desafiar-me a mim próprio por toda a sua dificuldade e envolvência.

Nuno Rocha que preparação tens efectuado tendo em conta a distância?

Sim, quem se compromete a fazer 100 milhas tem que obrigatoriamente ajustar o seu plano de treinos e para isso conto com a ajuda do meu treinador Tiago Aragão.

Nuno Rocha

Como traçaste os teus objetivos para a participação de forma a superares a marca do João Andrade?

Neste momento a marca do João já foi melhorada pela atleta Carla André.

Até ao momento foi a pessoa mais forte e é esse tempo que estou focado em bater.

Traçar objetivos para ultras é sempre muito subjetivo, pois na prática o que se verifica é que vamos nos adaptando às condições que naquele dia encontramos.

Desde as climatéricas a problemas que podem surgir como digestivos, físicos, etc. e que por vezes não controlamos e não prevemos quando estamos a cumprir o plano de treinos.

Face ao tempo da Carla André o ritmo que irei colocar será abaixo daquilo que ela realizou, e muito bem, diga-se.

Três atletas já participaram, Carla André é a Recordista

Até ao momento quatro atletas eram para participar Arsénio Santos, Pedro Leonel e Carla André, e Bruno Ferreira.

Mas dos quatro, só três participaram com sortes distintas, carregue sobre os nomes e visualize os artigos.

Arsénio Santos, não concluiu a sua prova por lesão.

Pedro Leonel superou a marca de João Andrade e é recordista masculino.

Carla André, superou a marca do Pedro Leonel e é o recorde feminino e da prova.

Bruno Ferreira não chegou a participar por ter contraido uma lesão.

Os participantes que se seguem já confirmados

Hélio Costa – 12/09
João Oliveira – 12/09
Nuno Rocha – 12/09
Francisco Monte – 18/09
André Cunha – 18/09
Hugo Gonçalves – 21/09

Visualiza também

One Hundred, Ultramaratona de 100 milhas, desafia-te

Texto: Henrique Dias – OPraticante.pt
Fotos cedidas pelo atleta

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta