O Praticante | revista nº. 49

A vida, uma luta ou não??

E 2013 começou, parece que foi ontem, mas já lá vão três meses deste novo ano.
A vida continua a ser uma luta permanente a cada novo dia.
Um ano que queremos orgulharmo-nos do nosso presente, dos frutos do nosso trabalho, orgulhando-nos do nosso passado e com fé no nosso futuro.
Nos caminhos da ascensão do nosso projecto, nunca atropelámos ninguém, nem tivemos a preocupação de andar a saltar degraus, subimos, passo a passo, degrau a degrau, temos vindo a cumprir o nosso destino de lutar e vencer o objectivo de divulgar o desporto no geral.
O que conquistámos até hoje é fruto do nosso querer, do trabalho de um grande grupo de pessoas que se identificam com este projecto, e ajudando-nos mutuamente todos temos crescido.
Foi nesse sentido que conseguimos que a revista apesar de todas as dificuldades, que todos sentimos no dia a dia, continue a apresentar a mesma qualidade, também o nosso site ( www.opraticante.pt ) é hoje uma realidade, no campo das organizações e dos apoios obtidos, continuamos a progredir, obrigado a todos vocês, que acreditam em “O Praticante” e colaboram na sua divulgação.
O que é dos outros não nos cobiça, porque nos basta o que temos e nos esforçamos por alcançar diariamente.
A vida terrena é demasiado curta, vivida sobre um stress diário, para nos darmos ao luxo de perder um minuto sequer com intrigas, maledicências e malquerenças.
Quanto não lucraria se o evitasse, no seu dia a dia, esse veneno que aos poucos vai destruindo a sua felicidade …Enquanto pensa, fala e faz o que é mau, antes de prejudicar os outros, está envenenar-se a si mesmo na digestão desse amargor, que lhe fica no coração.
O mal que desejamos aos outros, permanece em nós sob a forma de perigoso ricochete.
Sem esforço da nossa parte jamais atingiremos o alto da montanha.
Não desanime no meio da estrada: siga em frente, porque os horizontes se tornarão amplos e maravilhosos à medida que for subindo.
Mas não se iluda, pois só atingirá o cimo da montanha, se estiver decidido a enfrentar o esforço da caminhada.
Não seja impaciente!
Não tenha pressa em chegar ao fim.
Deixe que o tempo amadureça os frutos, de modo a que possa colhê-los amadurecidos.
Caminhe com segurança e constância, porque tudo lhe chegará na hora certa e mais oportuna.
Os frutos amadurecidos à força, não são tão saborosos, quanto os que amadurecem naturalmente.
Saiba esperar a sua vez com paciência e não desanime, lute pelos seus objectivos, pelas suas crenças, pelos desafios a que propôs, e supero-os sempre, resolvendo-os, alcançando-os sem nunca os contornar, deixando atrás de si, uma série de situações por resolver. Seja Forte, seja Você, porque você é capaz de muito mais do que pensa, ACREDITE.
Termino com o desejo, que este meu editorial, possa contribuir para que você, que o está a ler, ACREDITE em si, e vá em frente, lute para se superar e ter uma vida mais feliz, e pratique o que quer que seja em proveito do seu bem estar, estando bem consigo, estará bem com todos.
Até à próxima.

Directora: Amália Mendes
amalia.opraticante@gmail.com

Link: O Praticante | revista nº. 49

Parceiros

Deixe uma resposta