PORTUGAL ENFRENTA CABO VERDE COM O SONHO DOS QUARTOS

Foto: DR

Heróis do Mar vão para o segundo embate da ronda principal, onde irão encontrar mais um país da lusofonia – Cabo Verde – esta sexta-feira, pelas 14h30, com transmissão na RTP2.

Após um empate com o Brasil e, tendo em conta o resultado entre Suécia e Hungria, a equipa das Quinas continua a sonhar com a qualificação para os Quartos de Final da prova mas, para isso, terá que vencer já esta sexta-feira, frente a Cabo Verde e, ainda, contra a anfitriã Suécia, este domingo.

Leia também

FINAL DE JOGO DRAMÁTICO PARA PORTUGAL COMPLICA SONHO DOS QUARTOS

Fonte: Federação de Andebol de Portugal
Foto: IHF / Kloktiff

Portugal precisa vencer frente a Cabo Verde

A Seleção Nacional A Masculina sofreu um dissabor na passada quarta-feira, após sofrer um golo para lá do tempo regulamentar, que culminou no empate entre Portugal e Brasil, o que se traduziu na queda para a terceira posição do emblema das Quinas – recordamos que apenas os dois primeiros do Grupo passam à fase seguinte – os Quartos de Final.

A História

Portugal não tem memória recente de embates com Cabo Verde – apenas em jogos amigáveis – que já foram disputados entre os Heróis do Mar e os Tubarões Azuis, no entanto, um vasto número de atletas desta equipa lusófona figura – ou já figurou – no Campeonato Placard Andebol 1, conhecendo bem as características dos jogadores do portugueses, assim como o estilo de jogo português.

Foto: DR

As Estrelas

Délcio Pina – O lateral esquerdo do Madeira SAD é atualmente o melhor marcador desta participação cabo-verdiana no Campeonato do Mundo, com 20 golos marcados.

Já no Campeonato Placard Andebol 1, o lateral tem 78 golos assinalados, com 38 dos quais de remates da primeira linha, mostrando que uma das mais-valias deste atleta é o remates exterior.

Paulo Moreno – O pivô dos Tubarões Azuis tem apenas menos um golo marcado que o colega, nesta edição do Mundial, e alinha pelo SL Benfica, onde leva já 23 golos do seu posto específico, com 77% de eficácia e participa também nas competições europeias, pelo emblema encarnado, sendo um lutador nato.

Bruno Landim – O lateral direito que jogou, durante 7 épocas, em Portugal, saiu no final de 2021/2022 rumo à Arábia Saudita, mais propriamente ao Al-Taraji; neste Mundial conta já com 14 golos marcados, sendo que dispõe de características físicas que lhe permitem um forte remate exterior com alguma facilidade.

Gualther Furtado – Já o central que vestia as cores da Artística de Avanca Bioria transferiu-se, esta época, para o BM Cisne, em Espanha, onde conta com 29 golos em 11 jogos, com uma média de 2,64 golos por partida.

Neste Campeonato do Mundo está em igualdade com o colega Bruno Landim, com 14 tentos certeiros, é um jogador que procura os 6 metros, muito forte no 1×1 e que tem uma boa ligação com o pivô.

Alexis Borges – Foto: DR

“…a vitória irá chegar” Alexis Borges

Alexis Borges, pivô luso-cubano, lançou o encontro desta quinta-feira:

Todos os jogos são importantes e ontem foi um empate com sabor amargo mas eu acredito que está tudo nas nossas mãos.

Não só porque dependemos de nós e porque ainda existe essa possibilidade, portanto, temos que lutar até ao fim e chegar ao jogo de Cabo Verde com a mesma responsabilidade e o mais importante é que, depois de um mau resultado, conquistemos uma vitória para voltarmos a ter boas sensações.

O mais importante é entrarmos focados e com o objetivo de ganharmos o jogo desde o primeiro minuto.

Temos que continuar a fazer o nosso trabalho e a vitória irá chegar.

Todos os encontros do Campeonato do Mundo de 2023 são transmitidos em território nacional pela RTP Play e os de Portugal em simultâneo na RTP2.

A edição de 2023 do Campeonato do Mundo tem lugar na Polónia e Suécia, de 11 a 29 de janeiro de 2023, e poderá encontrar todas as informações no website da Federação Internacional de Andebol.

Parceiros

Deixe uma resposta