Portugueses no empolgante Sprint Relay da Orientação

Sprint Relay

Equipa Nacional

Pedro Nogueira, selecionador Nacional da orientação, efectuou para O Praticante uma análise do que foi a prestação da equipa portuguesa na Sprint Relay.

O dia de ontem do Campeonato do Mundo de Orientação – WOC, foi marcado pela empolgante Sprint Relay.

Sprint Relay

Encontravam-se à partida 33 equipas para disputar esta tão intensa Sprint Relay e Portugal tinha a expetativa de um grande resultado; mas a grande espetacularidade deste formato reside na incerteza do vencedor aliado a uma pressão contínua de atleta para atleta, onde qualquer erro poderá deitar por terra os objetivos e trabalho realizados.

Filipa Rodrigues

Pela sua resiliência e capacidade de esforço a primeira atleta foi Filipa Rodrigues que efetuou uma primeira parte de prova excelente, mas tal como expliquei anteriormente, qualquer pequeno erro poderá fazer a diferença na classificação e infelizmente foi o que sucedeu.

Ricardo Esteves Ferreira

Terminou o seu percurso na 24° lugar a 2’05 da liderança; o atleta seguinte foi Ricardo Esteves Ferreira, que tentou desde logo alcançar um grupo de atletas que tinha partida uns segundos antes, porém, um grande erro não possibilitou essa recuperação, e entregou o testemunho a João Mega Figueiredo no 25° lugar a 4’41 da liderança.

João Mega Figueiredo

Este atleta realizou uma prova regular, sem grandes erros, tentando aproximar-se de outras que seguiam perto, acabando a 11’50 da liderança e mantendo-se no 25° posto.

Carolina Delgado

O último percurso estava guardado para Carolina Delgado que sem grandes erros conseguiu terminar a sua prova na 23° posição. No final, Portugal obteve o 23° lugar, benificiando (infelizmente) da desclassificação de duas equipas (China e Espanha) e da ausência da equipa Belga.

Antes da partida, e de acordo com a valia dos atletas envolvidos e do trabalho desenvolvido é sempre legítimo querer mais e melhor; alguns erros acabaram por marcar a diferença definir o resultado obtido; fica a experiência e a análise de cada momento para posteriormente melhorar.

[divide icon=”circle” width=”medium”]

Texto: Henrique Dias / Pedro Nogueira
Fotos: Pedro Nogueira

Parceiros

Deixe uma resposta