Qualificação Olímpica, 22 centímetros separaram Liliana Cá

Qualificação Olimpica

Liliana Cá - Foto: Luís Barreto / FPA (arquivo)

Liliana Cá atleta do Novas Luzes bateu o seu recorde pessoal e ficou muito perto da qualificação olímpica direta, mantendo-se como a segunda melhor mundial do ano.

Texto: Federação Portuguesa de Atletismo
Foto: Foto de arquivo da autoria de Luís Barreto / FPA

22 centímetros separaram Liliana Cá da Qualificação Olimpica

Foi no decorrer das provas de preparação organizadas pela Associação de Atletismo de Lisboa, na pista ao ar livre no CAR Jamor, que a atleta Liliana Cá, do Novas Luzes, obteve mais um fulgurante recorde pessoal.

Liliana Cá lançou o disco a 63,28 metros, ficando a escassos 22 centímetros (63,50) da qualificação olímpica direta para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

A atleta Liliana Cá ainda fez mais três lançamentos acima dos 60 metros: 62,51, 60,41 e 60,72. Na mesma prova, Ivanilda Lopes (Benfica) lançou a 47,82 metros.

Qualificação Olimpica
Liliana Cá – Foto: Luís Barreto / FPA (arquivo)

Restantes provas femininas e masculinas

Nas restantes provas femininas, Beatriz Fernandes (NucleOeiras) venceu os 1 500 metros em 4.38,19; Inês Cruz (J. Vidigalense) venceu os 200 metros em 25,22 (v: -1,1 m/s); e Margarida Feliciano (Sporting) venceu o lançamento do martelo com a marca de 40,15 metros.

Nas provas masculinas, Edujose Lima (Sporting) lançou o disco a 55,43 metros; Miguel Carreira (J. Vidigalense) lançou o martelo a 62,33 metros; Ericsson Tavares (Seia) venceu os 200 metros em 22,17 segundos (v: -1,6 m/s); e Rodrigo Lima (Sporting) venceu os 1 500 metros em 3.59,68 minutos.

Dentro do CAR Jamor, Diogo Ferreira (Benfica) passou a fasquia colocada a 5,25 metros no salto com vara, numa prova em que Carlos Pitra (Sporting) atingiu, pela primeira vez, os cinco metros certos. Marta Onofre (Sporting) venceu a prova feminina ao passar os 3,95 metros.

Parceiros

Deixe uma resposta