Privacy Policy Page
Privacy Policy Page
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Dto
Coluna Esq
Coluna Esq

Ricardo Vilela o melhor português na etapa da Vuelta

Hoje decorreu a terceira etapa da Vuelta, em que Ricardo Vilela foi o melhor português.

Na geral continua a ser Rui Costa o melhor português, pese embora tenha perdido lugares.

Dan Martin vence etapa

Primoz Roglic – Jumbo-Visma continua de camisola vermelha, mas o irlandês Dan Martin do Israel Start-Up Nation encontra-se a cinco segundos, e foi o vencedor da etapa.

Primoz Roglic foi o segundo classificado, e o equatoriano Richard Carapaz da Ineos, foi o terceiro, todos creditados com o mesmo tempo.

Roglic apesar da boa forma que aparenta estar na revalidação do título de 2019, não foi suficiente para o sprint imposto pelo Martin que concretizou a vitória na etapa.

Martin mostrou-se emocionado pela vitória, prometendo continuar a pensar em cada nova etapa, na luta pela geral, mas sem definir objetivos finais.

Agradeceu à esposa, referindo que até Madrid, ainda existe um longo caminho a percorrer, foi um dia muito importante para a equipa, mas temos de continuar rumo até Madrid.

Ricardo Vilela
Ricardo Vilela

Ricardo Vilela o melhor português da etapa

Dos portugueses em prova, um quinteto formado por três representantes da UAE Emirates, um da Movistar e um do Burgos BH, o melhor foi Ricardo Vilela

Ricardo Vilela do Burgos BH terminou no 66º lugar, melhorando a sua classificação geral para 95º, melhorando em 29 posições.

Rui Costa da UAE Emirates continua a ser o melhor representante português.

Pese embora o português esteja atualmente no 32º lugar da geral, após ter terminado hoje em 109º.

Nelson Oliveira – Movistar foi 97.º na etapa e encontra-se no 67.º da geral.

Os manos Ivo Oliveira e Rui Oliveira a obterem respetivamente o 143.º e153.º, ambos da UAE Emirates, mais distanciados na classificação geral.

Quarta etapa destinada aos sprinters

Amanhã realiza-se a quarta etapa no total de quase 192 quilómetros, com inicio em Garray e termina em Ejea de los Caballeros.

Esta etapa será a primeira oportunidade para os “sprinters” se mostrarem após três etapas de montanha.

Para terminar a 6ª etapa que passaria por França, pelo alto do Tourmalet, foi cancelada.

Também a etapa de sábado que teria igualmente incursão pelos Alpes do lado francês teve de ser adaptada.

Texto: Henrique Dias – OPraticante.pt

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta