RUI GONÇALVES COM DESFECHO INGLÓRIO EM DAKAR

Rui Gonçalves

Foto: Facebook | Rui Gonçalves

Foi fatídica a penúltima etapa do Dakar 20204 para Rui Gonçalves obrigado a abandonar devido a queda.

Leia também

RUI GONÇALVES “DESISTIR NÃO FAZ PARTE DA MINHA ESSÊNCIA”

Site oficial

Fonte: Henrique Dias // OPraticante.pt com a cooperação de VMotores

Rui Gonçalves obrigado a abandonar devido a queda

A apenas um dia do final da prova os 480 km da penúltima etapa, encurtados para 430 por motivos de segurança, colocaram um ponto final da prova de Rui Gonçalves.

Foi ao km 12 da especial que o piloto da Sherco iria sofrer uma violenta queda que o levaria ao abandono.

Na altura Rui Gonçalves não tinha a noção exata das lesões que tinha sofrido, vendo-se obrigado a chamar assistência médica do Dakar que prontamente o levou para o hospital onde foi posteriormente avaliado.

Não tendo os exames médicos confirmado nenhuma fratura, a lesão mais preocupante foi um corte profundo no braço que obrigou Rui a ser inclusivamente submetido a uma demorada intervenção cirúrgica com anestesia geral.

Rui Gonçalves já se encontra em Portugal depois dos últimos exames médicos terem confirmado que o piloto de Vidago já estava apto para viajar.

Foto: Facebook | Rui Gonçalves

“Dakar, não era assim que tinha planeado terminar”

Não era assim que tinha planeado terminar este Dakar.

Infelizmente ao km12 da penúltima etapa sofri uma violenta queda que me obrigou a abandonar e a ser evacuado para o hospital.

É difícil aceitar que tudo termine assim, após tanto esforço, dedicação e empenho durante estes dias para conseguir continuar em prova depois de tantos percalços.

Por alguma razão esta é a prova mais dura e difícil por isso temos que estar cientes das dificuldades e desafios deste rally.

Ainda assim, estou de consciência tranquila porque dei o meu melhor a cada km, tendo conseguido terminar várias etapas nos dez primeiros o que me deixou muito satisfeito e confirmam que todo o meu trabalho durante o ano não foi em vão.

Um agradecimento muito especial a todo o departamento médico, do Dakar e da Arábia Saudita, que me tratou e me acompanhou sempre, assim como a minha equipa Sherco.

Agora é hora de voltar a casa e em breve darei mais notícias, obrigado por todas as vossas mensagens.” escreveu o piloto na sua página do Instagram.

Parceiros

Deixe um comentário