RUI GONÇALVES NO TOP20 NO PRÓLOGO DO DAKAR

Rui Gonçalves

Rui Gonçalves - Foto: Rally Zone

Um prólogo curto de apenas 27km abriu as hostilidades do Dakar, etapa que Rui Gonçalves cumpriu segundo o que estava programado numa toada segura para evitar riscos desnecessários.

Tal como é tradição, o prólogo serviu de aquecimento para todos os concorrentes do Dakar numa etapa inteiramente disputada em pisos arenosos mas com um percurso sinuoso e com alguma navegação a causar algumas dificuldades aos pilotos das motos.

Leia também

JOÃO FERREIRA FOI SEGUNDO NOS SSV NO PRÓLOGO DO DAKAR

Verdadeiro Dakar começa hoje para Rui Gonçalves

O piloto português Rui Gonçalves cumpriu na íntegra aquilo que tinha planeado com a sua equipa, adotando um andamento seguro que lhe permitiu levar a sua Sherco SEF 450 Rally até ao final sem problemas.

O verdadeiro Dakar começa hoje com uma etapa de 544km, 414km disputados ao cronómetro, e que se irá desenrolar entre AlUla e Al Henakiyah em pistas maioritariamente de piso duro e pedra.

É uma estreia absoluta para todos os concorrentes do Dakar, que irá serpentear entre vulcões e outros locais de interesse geológico e cujas dificuldades irão colocar à prova as capacidades físicas e de navegação de todos.

Rui Gonçalves – Foto: Rally Zone

No final Rui Gonçalves afirmou:

o prólogo de 27km maioritariamente foi disputado em piso de areia, com algumas pistas muito rápidas e também com algumas mudanças de direção bruscas que obrigaram a uma atenção redobrada com a navegação.

O mais importante foi que me senti bem e tive um bom “feeling” com a moto.

A classificação de hoje deixou-me satisfeito e numa boa posição para amanhã que é, sem dúvida, quando vai começar o verdadeiro Rally Dakar com uma etapa longa com muitas horas em cima da moto.

Sinto-me contente por estar aqui de novo para mais um Dakar, o importante é manter a concentração, dar o meu melhor quilómetro a quilómetro e dia após dia”.

António Maio foi 21º no prólogo do Dakar 2024

António Maio completou em Alula o prólogo do Rali Dakar 2024.

O piloto da Yamaha realizou os 28km que compunham a especial em 22m04s tendo registado uma dificuldade na navegação que não lhe permitiu ir além do 21º posto da classificação destinada aos pilotos GP.

Apesar dos contratempos o Major da GNR está motivado para a primeira etapa do Rali Dakar que se cumpre já hoje.

António Maio – Foto: Rally Zone

O prólogo não correu como tinha em mente. Cometi um erro numa nota ao quilómetro 20 o que me fez perder algum tempo.

Devido ao pó a visibilidade era baixa e acabei por me desorientar um bocadinho. Mas, estamos só no início da corrida e ainda há muito trabalho pela frente.

A mota está bem e não tive problemas nenhuns.

Agora vamos preparar a etapa de amanhã que pelas indicações dadas vai ser dura e com muita pedra” adiantou António Maio que se encontra na 38º posição da classificação geral das motas.

A primeira etapa do Rali Dakar 2024 vai ligar Alula a Al Henakiyah cumprindo 405 km disputados ao cronómetro.

O desafio será difícil sendo que o traçado será inovador.

As diferenças na classificação poderão ficar definidas no final deste dia.

Parceiros

Deixe um comentário