Banner superior
Coluna Dto
Coluna Esq

São Mamede, a festa do trail em pleno Alto Alentejo

UTSM – Ultra Trail São Mamede, uma prova que se sabe é uma enorme festa do trail em pleno Alto Alentejo com 4 distancias ultra trail 110 km, Maratona 43 km, Meia-Maratona 23 km e um trail curto/caminhada de 12 km.

Trail de São Mamede a festa do trail em pleno Alto Alentejo

Ultra Trail São Mamede, prova que adoro pelo convívio, simpatia de todos; atletas/organização e voluntários, para além do percurso… “bem, quanto ao percurso mal sabia o que me esperava”.

Este ano a partida do Ultra Trail São Mamede é dada duas horas mais cedo, às 22h onde por volta de 400 guerreiros dos trilhos partem rumo à noite por vales e montes, mas antes, uma agradável surpresa, este ano passa-se pelo centro de Portalegre que estava ao rubro cheio de boa gente a aplaudir-nos dando-nos animo para a nossa conquista.

Como era noite de lua cheia, a beleza da noite foi deslumbrante… os ruídos da noite, os odores, odores da Serra que entram em nós e nos transportam para as nossas origens… cada passo de corrida, cada passo de caminhada, é feito com entusiasmo nos primeiros 50 quilómetros, sempre com a lua a fazer-nos uma agradável companhia, como se nos quisesse iluminar os trilhos.

Sente-se o amanhecer, lento e suave…

Por volta das 5:30h sente-se o amanhecer, lento e suave… um amanhecer de uma beleza sem palavras que aos poucos vai pintando a paisagem… depois vêm os primeiros sons do campo… o chilrear dos pardais nas suas primeiras tentativas de se ouvirem e deixarem ouvir procurando companheira… é um sentimento de liberdade de pureza num mundo só meu, só nosso, um mundo para o qual o “Trail” nos transporta entre a terra e o céu.

As primeiras dificuldades desta maravilhosa prova começam entre Castelo de Vide e Marvão num trilho pedregoso onde a progressão é difícil e a partir de Marvão as longas subidas e descidas técnicas. E como este ano havia uma surpresa já anunciada, fomos até Espanha a El Pino logo mais uma dificuldade de 9 Km com uma subida dura, mas de uma paisagem lindíssima.

No entanto as verdadeiras dificuldades vinham depois de S. Julião com a Serra de S. Mamede como destino, sempre por uns trilhos técnicos e claro já com 57Km nas pernas.

O nosso ultimo fôlego de dificuldade

Transposta a Serra e chegados a Alegrete o nosso ultimo folego de dificuldade com uma bestinha ainda por conquistar… aqui chegado com os músculos doridos e as plantas dos pés como lixas… saem os primeiros palavrões sempre que tropeço…, mas desistir nem pensar.

 

As horas não param e tinha que dar às pernas pois às 22h havia o ultimo barramento em Reguengo. Assim e com uma força que não sei onde o corpo a foi buscar, pois apenas a mente tem a capacidade para comandar este nosso frágil corpo chego com uma vantagem que me dá para gerir os restantes 9 Km de Reguengo ao Estádio de Portalegre (Meta).

Mal avisto o estádio nasce-me uma alma nova tal é o cansaço de um corpo dorido fruto das dificuldades e dureza do percurso… entro no estádio e restam-me 300m para finalizar… o último e derradeiro esforço, este com um sabor a vitória, a superação… e mal ultrapasso a meta milhões de sentimentos, de sensações invadem o meu corpo e espirito… Missão cumprida e de coração cheio.

Foi uma prova intensa e deveras dura mês que compensa pela Beleza, pela Simpatia de Todos onde nos sentimos em casa… logo, para o ano cá estarei para a 9º Edição… no entanto um pontos a melhorar, com o aumento da dificuldade e da quilometragem uma 2ª Base de Vida em Alegrete seria ouro sobre azul.

E os vencedores foram:

UTSM (262 masculinos / 35 femininas )

Vitor Cordeiro – EDV – Viana Trail após 13h24m26s concluiu o percurso como vecedor de 2019, Rui Sequeira – individual – 13h27m11s foi o segundo e o terceiro Rodrigo Noivo – AMCF – Arrábida Trail Team – 13h51m29s.

Em femininos a vencedora foi Emilia Silveira – Monsanto Running Team – 17h48m14s, seguida de Isabel Almeida – individual – 18h30m23s e de Marilia Noro – COA – Corvus Trail Team – 18h38m19s, respectivamente 2ª e 3ª classificada.

Maratona (113 masculinos / 26 femininas )

Catarina Fernandes – Viriathvs Runners Vielpeças Trail – 05h23m29s foi a primeira, seguiram-se Ana Teixeira – Clube Atletismo Trail Runners da Ponte – 05h56m57s e Almerinda Velez – AC Portalegre / UTSM – 06h01m53s.

Nuno Silva – Trail Team Bifase venceu com 04h01m30s, Nuno Carneiro – NAST – Núcleo Associativo de Santo Tirso – 04h06m16s e Andrés Fernández – individual – 04h13m52s completaram o pódio.

Meia Maratona (233 masculinos / 87 femininas )

Emanuel Machado – DAP Trail Team – 01h57m14s venceu, nos lugares seguintes do pódio ficaram Tiago Valério – AC Portalegre / UTSM -02h05m05s e Paulo Pernes – Associação Desportiva de Castelo de Vide – 02h06m33s.

A vencedora foi Lina Marques – CLAC Entrocamento / Onda Trilhos – 02h33m45s, seguida de Ana Botelho – Cinfães a Correr – 02h35m29s e de Helena Castro – NAST – Nucleo Associativo de Santo Tirso – 02h48m01s.

Trail Curto (105 masculinos / 98 femininas )

Claudia Batuca – Clube Elvense de Natação, necessitou de somente 58m35s para vencer, no segundo e terceiro lugar ficaram Marisa Marisa – G.D.R.C. Vale de Açor – 01h03m04s e Leonor Rodrigues – Clube 4 Estilos – 01h04m12s.

E finalmente houve uma final emcionante proporcionada por Marco Nabais – AC Portalegre / UTSM – 48m19s e Nicolás Garrido – individual – 48m52s, 33 segundos separaram estes dois atletas, Nuno Gancho – Barbaris Team – 49m36s completou o pódio.

 

E para concluir

Um elogio enorme ao speaker de seu nome Sérgio Migueis, pela forma como incentiva os atletas que já mesmo exaustos em conseguem entrar dentro do estádio com um sorriso graças as palavras dele.

Um único reparo para a organização será no próximo ano alterar as cores dos dorsais pelas distancias e não serem todos da mesma cor.

Não deixem passar a oportunidade de visualizar em Fotos do Zé, as maravilhosas, magnificas fotos que efectua aos participantes de cada evento em que marca presença.

Classificações.

Sitio oficial do evento.

Texto: Paulo Amaral
Fotos: Fotos do Zé

Sobre o Autor

Artigos relacionados

Deixe uma Resposta